Amazonas Destaques Manaus

Novo mutirão vai vacinar pessoas de 28 anos em Manaus

Viradão de vacinação

Dos sete pontos tradicionais, dois – Centro de Convenções Vasco Vasques e sambódromo – abrirão às 9h do dia 29 e funcionarão até as 18h do dia 30, quarta-feira, totalizando 33 horas de atendimento. Além desses, a Arena da Amazônia terá um ponto de vacinação operando das 18h de terça às 18h de quarta-feira.

Os outros cinco pontos terão o horário padrão para a vacinação – das 9h às 16h. Os pontos do sambódromo e da arena terão atendimento apenas na modalidade de drive-thru e o do Vasco Vasques será apenas para pedestres.

A faixa etária a ser imunizada nessa ação ainda será definida, bem como o quantitativo de pessoal e de estações, após reuniões técnicas da Secretaria Municipal de Saúde (Semsa).

Pontos de vacinação
Centro de Convenções (sambódromo) – Avenida Pedro Teixeira, nº 2.565, Dom Pedro (funcionamento apenas em drive-thru)

Shopping Phelippe Daou, Avenida Camapuã, nº 2.939, Jorge Teixeira (apenas para pedestres)

Centro de Convivência da Família Padre Pedro Vignola, Rua Gandu, nº 119, Cidade Nova (apenas para pedestres)

Studio 5 Centro de Convenções, Avenida General Rodrigo Otávio Jordão Ramos, nº 3.555, Distrito Industrial 1 (apenas para pedestres)

Clube do Trabalhador do Sesi/AM, Avenida Cosme Ferreira, nº 7.399, São José 1 (atendimento a pedestre e drive-thru)

Parque do Idoso, Rua Rio Mar, nº 1.324, Nossa Senhora das Graças (apenas para pedestres em segunda dose de CoronaVac)

Centro de Convenções (Sambódromo) – Avenida Pedro Teixeira, nº 2.565, Dom Pedro (funcionamento apenas em drive-thru)

Fonte: D24am. Leia mais em https://d24am.com/coronavirus-no-amazonas/novo-mutirao-vai-vacinar-pessoas-de-28-anos-em-manaus/

Publicações relacionadas

Escolas particulares em Manaus estão proibidas de exigir 62 itens de material escolar, saiba quais

Redação

Servidores da prefeitura recebem Prêmio InovaSUS do Ministério da Saúde

Redação

Prédio atingido por incêndio corre risco de desmoronamento, em Manaus; Casas vizinhas são desocupadas

Redação