Amazonas Destaques Manaus

Mulheres em situação de vulnerabilidade atendidas pela prefeitura são certificadas em curso de panificação

Prefeitura de Manaus, por meio do Centro de Referência dos Direitos da Mulher (CRDM), da Secretaria Municipal da Mulher, Assistência Social e Cidadania (Semasc), concluiu, na manhã desta segunda-feira, 21/2, a formação de 20 mulheres em situação de vulnerabilidade social em um curso de panificação, realizado em parceria com o Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai-AM).

“Considerando a situação de vulnerabilidade que a maioria das mulheres do CRDM se encontram, os cursos oferecidos em parceria com o Senai são de grande valia, porque eles visam estimular a independência financeira desse público por meio da geração de renda, além de contribuir para a melhoria da autoestima e da autoconfiança delas”, afirmou a diretora do Departamento de Enfrentamento à Violência contra a Mulher, Marley Fonseca.

De acordo com a professora Alice Santos, o curso de panificação vai permitir que os alunos garantam uma renda mensal.

“Fiquei muito impressionada com a qualidade dessa turma e a minha expectativa é que daqui saiam pessoas que possam abrir o seu próprio negócio. Aqui ensinamos a técnica do pão francês para que elas possam fazer em casa e quem sabe vender na sua garagem, na frente de casa ou para mercadinhos”, afirmou a professora.

Para a aluna Ariana Oliveira o curso irá abrir portas e permitir ingressar no mundo do trabalho. “Estamos aprendendo muitas coisas. Quero agradecer à prefeitura por essa oportunidade e espero agora que com o curso, eu possa girar essa chave e aproveitar as novas chances de emprego e, de repente, até abrir meu próprio negócio”, comentou.

A aluna Maria de Jesus também agradeceu pelos ensinamentos recebidos. “A professora está de parabéns, nos ensinou com muita paciência. Cheguei aqui por meio da Associação das Donas de Casa do bairro Morro da Liberdade e junto com essa parceria consegui concluir esse curso maravilhoso”, disse.

A pedagoga do Senai-AM, Mariluci Pinheiro, destacou a importância da parceria entre a Semasc e a entidade. “O Senai tem um vasto programa de cursos, vários deles na área de alimentos. São cursos gratuitos e que, por meio da parceria com a Semasc, nos permite chegar às pessoas que necessitam garantir renda ou aquelas que desejam ter uma renda extra”, concluiu Pinheiro.

— — —

Texto – André Lima / Semasc

Fotos – Marcely Gomes / Semasc

Publicações relacionadas

Prefeito diz que novo centro integrado será um marco na educação em Manaus

Redação

Adepol divulga nota de apoio a delegados afastados dos cargos por decisão de Gilmar Mendes

Redação

TCU confirma inclusão do Amazonas no leilão da ANP, mas Estado não tem lei apropriada, diz Josué

Redação

Deixe um comentário