Destaques Brasil

MP de Bolsonaro tira Flamengo e demais clubes das mãos da Globo Lixo

Parece que a Globo Lixo (segundos os internautas do Brasil) se ferrou mesmo com a gestão do presidente Jair Messias Bolsonaro.

O presidente do Flamengo, Rodolfo Landim, segue comemorando a nova Medida Provisória do Governo Federal e disse que o decreto vai tirar todos os clubes do Brasil das mãos da Rede Globo. Para ele, o maior beneficiado é o povo.

“Liga para o presidente do Athetico, liga para o Bahia. A medida provisória, na verdade, não veio para o Flamengo. Veio para todos os clubes poderem sair das mãos da Globo. Viva a livre concorrência”, disse Landim em entrevista à Folha de S. Paulo.

“Quem é beneficiado no fim das contas? É o povo. O torcedor. Vai sempre poder ver o jogo. Esse é o princípio da MP”, completou.

Nesta quinta-feira, o presidente Jair Bolsonaro publicou a Medida Provisória de número 984. Entre outras coisas, ela muda completamente o entendimento sobre quem tem os direitos de transmissão de cada partida no futebol brasileiro.

Ao invés de ser um direito dividido, como era atualmente, o clube mandante passa a ser exclusivamente quem pode comercializar a transmissão da partida. Em outras palavras: um canal de TV não precisa se acertar mais com as duas equipes para transmitir um jogo, precisa de um acordo apenas com o time da casa.

Landim ainda nega que a medida seja benéfica somente ao Flamengo, que atualmente é quem tem problemas nas negociações com a Globo e sequer havia vendido os seus direitos para o Campeonato Carioca.

“A medida abre para a livre concorrência. No Brasileiro, a Globo tinha comprado o direito de outros 11 clubes. Quando o Flamengo vai negociar, ela coloca um valor qualquer. Porque a lei mandava ter acordo com os dois clubes, não só com o mandante”, diz Landim.

“No momento que eu tenho direito de vender os jogos que eu sou o mandante, para qualquer emissora, isso passa a ter valor. Como o valor que a Globo ofereceu era baixo no entendimento do Flamengo, a gente não fechou. Mas o problema é que a gente não tinha nenhum outro comprador. Quem sai prejudicado com isso? O telespectador. Porque ele acaba não vendo. E agora vai ter concorrência. Isso é o bonito da história”, completa.

Publicações relacionadas

Prefeitura inicia obras no sistema de transporte com reforma do T3, na Cidade Nova

Redação

Nova medida afeta eletroeletrônicos do Polo Industrial de Manaus

Redação

Governo do AM deve convocar 796 bombeiros médicos aprovados em concurso de 2009

Redação

Deixe uma resposta