Amazonas Destaques

MP cobra Adail Filho para apresentar informações sobre assistencialismo em ano eleitoral

O Ministério Público do Amazonas (MP-AM) publicou, na edição de terça-feira, 9, do Diário Oficial do órgão, um despacho que determinou a intimação do prefeito do município de Coari, Adail Filho (PP), para apresentar informações sobre possíveis práticas de abuso de poder econômico e político sobre acordo com empresas privadas para a prática de assistencialismo em ano eleitoral. A intimação será publicada nas próximas edições do DOMPE.

Segundo o despacho, a intimação é referente ao Inquérito Civil 13/20 em que houve negativa de informações sobre distribuição de pescados no dia 2 de maio deste ano, numa parceria de empresa privada com a Prefeitura de Coari e a existência de lei ou decreto com a regulamentação da distribuição do pescado.

Segundo o promotor de Justiça de Coari, Weslei Machado, o prefeito teve 20 dias úteis para prestar esclarecimentos, mas não respondeu. Diante disso, Adail Filho será intimado a apresentar informações em 10 dias úteis a partir da publicação da intimação no Diário Oficial do MP.

O promotor explicou que o prefeito será intimado, por meio de ofício e de intimação no Diário Oficial para apresentar esclarecimentos sob pena de prática de crime de omissão de informações em Inquéritos Civis, previstos na Lei da Ação Civil Pública.

Álik Menezes, para O Poder

Foto: Divulgação 

Publicações relacionadas

‘Natal do Abraço’ contagia visitantes da Ponta Negra

Redação

‘Nós não paramos na pandemia’, afirma superintende da Suframa

Redação

Prefeito anuncia antecipação do salário de fevereiro dos servidores municipais

Redação

Deixe uma resposta