Destaques Manaus Polícial

Monte Horebe será desocupado a partir de segunda-feira (2)

Manaus- O vice-governador e secretário-chefe da Casa Civil do Estado do Amazonas, Carlos Almeida, concedeu coletiva de imprensa na tarde desta sexta-feira (28), às 15h, no Centro Integrado de Comando e Controle (CICC), no bairro Aleixo, Zona Sul de Manaus, para anunciar os procedimentos de desocupação na invasão Monte Horebe, uma das maiores da Zona Norte de Manaus. Os trabalhos já começam na próxima segunda-feira (2). 

Carlos Almeida destacou que a ação vem sendo alinhada há algum tempo juntamente com a Defensoria Pública do Estado do Amazonas (DPE-AM), além de órgãos de segurança pública, sociais e ambientais do Estado. O vice-governador destacou que, durante os procedimentos, foi identificado que a ocupação irregular Monte Horebe é um reduto de criminalidade e que há necessidade imediata de revolução. 

“Nossa preocupação, além da segurança pública, urbanismo e ambiental, é também social. As pessoas são a nossa preocupação primária. Queremos retirar a criminalidade de cima dessas famílias que residem no Monte Horebe, mas não vamos deixá-los desamparados e a própria sorte”, declarou Almeida. 

Carlos Almeida destacou que o início da desocupação está sendo divulgado com 48 horas de antecedência com objetivo de que a ação não seja tumultuada e que não seja uma operação de choque. 

Atendimento Social

Durante a coletiva, o vice-governador enfatizou que equipes de órgãos sociais do Estado estarão acompanhando todo o procedimento e realizando os atendimentos às famílias.  

“Não vamos desamparar as famílias necessitadas. Temos função orçamentária para isso. Estamos encarando o problema das ocupações irregulares de frente e nosso principal objetivo é que essa desocupação não resulte em novas ocupações, como em reintegrações passadas”, disse.

Espaço 

Carlos Almeida ressaltou que não há condições urbanísticas e sanitárias para a regularização da invasão Monte Horebe, além do espaço ter parte na Reserva Florestal Adolpho Ducke, que necessita amplamente de proteção. Após a desocupação, a área também será utilizado pelas Forças de Segurança Pública para a implementação de postos policiais na Zona Norte de Manaus.

FONTE:emtempo

Publicações relacionadas

Crivado de balas, corpo de homem é jogado no meio da rua em área vermelha de Manaus

Redação

Coronavírus força adiamento da Campus Party que seria realizada em Manaus

Redação

Áudio vaza e Braga diz que está “tocando o horror” em sessão sobre coronavírus no Senado

Redação

Deixe uma resposta