Amazonas Destaques Manaus

Ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles, pede demissão

Exoneração já foi publicada no Diário Oficial

Substituto será o secretário da Amazônia e Serviços Ambientais, Álvaro Pereira

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) exonerou, nesta quarta-feira (23), o ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles. A informação foi publicada em edição extra do Diário Oficial da União, que informou que a saída foi a pedido do próprio comandante da pasta.

O cargo passará a ser ocupado por Joaquim Álvaro Pereira Leite, que atuava como secretário da Amazônia e Serviços Ambientais. Leite é próximo a Salles, e no governo Bolsonaro também ocupou a diretoria do Departamento Florestal da pasta.
Salles é alvo de inquérito no STF por operação da Polícia Federal que mira suposto favorecimento a empresários do setor de madeiras por meio da modificação de regras com o objetivo de regularizar cargas apreendidas no exterior.

A PF apura suspeitas de crimes de corrupção, advocacia administrativa, prevaricação e facilitação de contrabando que teriam sido praticados por agentes públicos e empresários do ramo madeireiro.

Salles também é alvo de um inquérito que investiga sua suposta atuação para atrapalhar a apuração da maior apreensão de madeira do Brasil, feita na Operação Handroanthus.​

Publicações relacionadas

Susam ultrapassa em 16% meta de fornecimento de medicamentos especializados a usuários do SUS

Redação

Prefeitura notifica empresas responsáveis por viaduto do Manoa por se recusarem a realizar adequações necessárias para liberação do complexo

Redação

WhatsApp vai permitir mais pessoas em chamadas de vídeo em grupo

Redação

Deixe uma resposta