Amazonas Destaques Manaus

Ministério Público Federal diz que vai investigar fraude no sistema de cotas raciais da Ufam

O Ministério Público Federal no Amazonas (MPF– AM) informou nesta sexta-feira (5) que irá apurar as denuncias sobre irregularidades no sistema de cotas raciais da Universidade Federal do Amazonas (Ufam). Na quinta-feira (4), um perfil no twitter levantou o assunto, que foi divulgado em seguida pelo Portal Único.


Fotos que foram divulgadas mostravam claramente, a diferença entre estudantes que ingressaram na Universidade Federal do Amazonas, utilizando as cotas raciais. Pessoas de cor branca se passaram por negros e outros sem nenhum traço visível disseram ser indígenas.


A Reitoria da Ufam distribuiu posteriormente uma nota sobre o assunto, informando que estaria apurando a informação. Segundo o post do twitter que foi apagado posteriormente, vários estudantes que se utilizaram dessa ação, estão cursando medicina, direito, economia e comunicação social, entre outros.

A Reitoria da Ufam distribuiu posteriormente uma nota sobre o assunto, informando que estaria apurando a informação. Segundo o post do twitter que foi apagado posteriormente, vários estudantes que se utilizaram dessa ação, estão cursando medicina, direito, economia e comunicação social, entre outros

Publicações relacionadas

Graves denúncias contra a Empresa P&G (antiga Gilette)

Redação

Ano letivo 2020 nas escolas da rede estadual de ensino do AM tem início nesta quinta (6) com 440 mil estudantes

Redação

PANDEMIA: CDC/Aleam, DPE-AM e MP-AM acionam Justiça para assegurar descontos de até 35% nas mensalidades escolares

Redação

Deixe uma resposta