Amazonas Destaques Manaus

Ministério da Defesa aciona PGR contra Gilmar Mendes

O Ministério da Defesa acaba de divulgar uma nota sobre a declaração de Gilmar Mendes após o ministro dizer que o Exército brasileiro se associou a “um genocídio”.

Assinado pelo ministro Fernando Azevedo e Silva e pelos comandantes das Forças Armadas, a nota repudia veementemente o que chama de “acusação grave” feita pelo ministro do STF.

“Comentários dessa natureza, completamente afastados dos fatos, causam indignação. Trata-se de uma acusação grave, além de infundada, irresponsável e sobretudo leviana. O ataque gratuito a instituições de Estado não fortalece a democracia”, diz o texto.

Ainda no texto, o Ministério da Defesa assegura que “é de pleno conhecimento de um jurista” que genocídio é um crime gravíssimo.

Segundo a nota, uma representação será encaminhada  à Procuradoria-Geral da República (PGR), “para a adoção de medidas cabíveis”.

Publicações relacionadas

Roberto Cidade sugere que exame para mieloma múltiplo seja feito na rede pública

Redação

Em Sessões Virtuais deputados aprovam medidas para ajudar população durante pandemia

Redação

Pazuello anuncia antecipação de vacina em Manaus na faixa dos 50 anos

Redação