Destaques Cotidiano Mundo

MICROSOFT DEMITE JORNALISTAS E TROCA TRABALHO HUMANO POR IA

Microsoft demitiu dezenas de jornalistas do seu quadro de funcionários, trocando o trabalho antes prestado por humanos por uma inteligência artificial.

De acordo com o Business Insider, a equipe trabalhava no setor da Microsoft News e era a responsável pelo sistema de edição e curadoria de notícias. O serviço diário deles consistia em selecionar e organizar os conteúdos em destaque em vários sites e setores da empresa, como o portal MSN. Funcionários também fazem essas mesmas operações em outros setores da companhia, como no navegador Microsoft Edge, mas não está claro se essas áreas também foram afetadas pelos desligamentos.

Esse tipo de substituição deve se tornar mais comum com o tempo. A Google investiu altas quantias em serviços similares e um jornal na China até já foi apresentado por um âncora digital.

Humano ou máquina

Aparentemente, ao menos 50 pessoas foram demitidas nos Estados Unidos e mais 27 no Reino Unido, como reporta o The Guardian — mas o número pode ser maior, já que há outras divisões como essa espalhadas pelo mundo, com contratações via terceirizadas.

A função de nenhum dos jornalistas era de produzir conteúdos originais, mas uma fonte ouvida pelo jornal afirma que o trabalho exigia precisão e análises que um robô pode não ser capaz de fazer. Afinal, a escolha envolve decisões editoriais e cuidados com notícias de outros sites para não exibir conteúdos violentos por acidente, por exemplo.

“Como todas as empresas, nós avaliamos nossos negócios de forma regular. Isso pode resultar no aumento dos investimentos em alguns lugares e, de tempos em tempos, reimplantações em outras. Essas decisões não são resultado da recente epidemia”, disse a empresa em uma declaração oficial enviada ao Business Insider.

FONTE:tecmundo

Publicações relacionadas

Festival de Parintins

Redação

DENÚNCIA: CORPOS DEIXADOS NO CORREDOR DO HOSPITAL JOÃO LÚCIO!

Redação

Protagonista do meme ‘bêbada de Curitiba’, Stephany Rosa morre de câncer

Redação

Deixe uma resposta