Brasil Destaques

Médico tem R$ 2 mil roubados enquanto fazia orgia com pedreiros em praia

Um pedreiro foi preso em flagrante por furtar dois mil reais de um turista com quem participava de um sexo grupal na ilha em Fernando de Noronha na madrugada do último domingo (11).

Segundo a vítima, um médico de São Paulo, ela retornava para a pousada onde estava, por volta das 3h, quando encontrou quatro trabalhadores de uma obra e foi questionado por um deles se estaria interessado em sexo. O turista, então, indagou se o ato poderia ser com os quatro trabalhadores e eles aceitaram a proposta.

Em um terreno abandonado, enquanto aconteciam as intimidades, o turista deixou a roupa e uma pochete de lado, momento em que um dos integrantes do sexo grupal aproveitou para furtar o objeto e fugir.

A vítima chegou a perseguir o suspeito, que jogou os pertences fora. Os outros três trabalhadores o ajudaram a recolher os itens que estavam, mas o dinheiro já não estava na pochete.

Após conseguir uma foto do suspeito, a polícia conseguiu identificá-lo, se tratando de um pedreiro que trabalhava na obra de uma pousada. Questionado por policiais, ele confessou o crime, devolveu mil reais e foi preso; ele será submetido a uma audiência de custódia online e vai responder pelo crime em liberdade.

Publicações relacionadas

Josué pede providências da Secretaria de Segurança Pública sobre o roubo de notebook com dados da CPI da Saúde

Redação

Saúde do AM recebe 19 novos respiradores e coloca mais 15 leitos de UTI em funcionamento

Redação

Caneta espiã apreendida e pode revelar detalhes da vida corrupta e amorosa do padre Robson

Redação

Deixe uma resposta