Amazonas Destaques Manaus

Mayara Pinheiro defende plano estratégico urgente de combate ao coronavírus para o interior

Contratação temporária de médicos ao interior, bem como ampliação do programa médicos pelo Brasil, especificamente para os rincões mais longínquos do nosso estado, intervenção com tratamento precoce e estruturação, em parceria com prefeituras, das Unidades Básicas de Saúde (UBS) já existentes nos municípios como referências, para que se tornem Hospitais Dias para o manejo precoce laboratorial e medicamentoso desses pacientes. Essas são algumas das ações propostas pela deputada Mayara Pinheiro (PP), na Sessão Online desta quinta-feira, 14, da Assembleia Legislativa do Amazonas (Aleam).

A preocupação da parlamentar com a elaboração de um plano urgente e direcionado ao interior tem uma explicação.

De acordo com os infectologistas do estado, há uma previsão, nos próximos 12 dias, de um crescimento em até três vezes nos números de óbitos e de casos confirmados no interior do estado.

“Precisamos evitar que o interior seja negligenciado. Como não tem alta complexidade nos municípios, é fundamental que se invista na intervenção precoce com o tratamento no início para evitar que a situação do paciente se agrave. Por isso, sugiro essa parceria do governo com as prefeituras, para que essas UBS referências nos municípios, se tornem Hospitais Dias, para propiciar estes atendimentos e a distribuição dos medicamentos indicados. O Estado tem que dar este suporte rápido para evitarmos mais mortes”, explicou.

Ainda durante a fala desta quinta, a deputada lembrou da importância do aditivo nos serviços de diálise nos prontos-socorros da capital para o tratamento de pacientes críticos.

Como presidente da Comissão de Saúde e Previdência, Mayara Pinheiro voltou a reforçar que já enviou diversos ofícios para a Susam, cobrando respostas sobre as ações reais e efetivas ao interior.

“Seguimos sem resposta, mas vamos continuar cobrando, pois é importante que esses questionamentos sejam respondidos como o envio de medicamentos, EPIs e profissionais aos municípios do interior”, concluiu.

Publicações relacionadas

JORNALISTA É CENSURADO PELO GOVERNO DO AMAZONAS POR DENUNCIAR FALTA DE EQUIPAMENTOS PARA PROFISSIONAIS DA SAÚDE

Redação

Procon notifica lojas a explicar aumento nos preços do cimento e tijolo em Manaus

Redação

Facebook escolhe Brasil para estrear meio de pagamentos pelo WhatsApp

Redação

Deixe uma resposta