Mundo

Massacre em escola no Texas: o que se sabe e o que falta saber

Ao menos 19 crianças e duas professoras morreram. Ataque na cidade de Uvalde já é considerado o mais mortal do país desde o tiroteio na escola Sandy Hook, em 2012.

Ao menos 19 crianças e duas professoras morreram no massacre a uma escola de ensino fundamental da cidade de Uvalde, no Texas, nesta terça-feira (24), informaram as autoridades americanas.

O ataque já é considerado o mais mortal do país desde o tiroteio na escola Sandy Hook, em 2012, quando 20 crianças e seis adultos foram mortos a tiros.

O assassino, um homem de 18 anos, morreu no local após trocar tiros com a polícia. As motivações do crime ainda são desconhecidas. Pouco antes do massacre, o atirador atirou contra a avó e fugiu de carro, causando um acidente.

Criança chora com adulto após tiroteio em escola no Texas em 24 de maio de 2022 — Foto: Reuters

Criança chora com adulto após tiroteio em escola no Texas em 24 de maio de 2022 — Foto: Reutershttps://04ce22cded4e863360e5ab9ea180044e.safeframe.googlesyndication.com/safeframe/1-0-38/html/container.html

1. Quem são as vítimas?

Ao menos 19 crianças e duas professoras morreram no ataque, segundo o senador texano Roland Gutierrez. Sabe-se que a escola recebia alunos de 5 a 10 anos. Autoridades locais afirmaram que todas as vítimas estavam em uma mesma sala de aula.

Nesta quarta-feira (25), os nomes e a histórias das vítimas começaram a ser conhecidos. Entre eles, os alunos Xavier Lopez, 10; Nevaeh Bravo; Amerie Jo Garza, 10; Uziyah Garcia, 9; e as professoras Irma Garcia e Eva Mireles. 

Imprensa americana divulga imagens de vítimas de massacre em escola no Texas

2. Quem é o agressor?

O criminoso foi identificado pelas autoridades como Salvador Roma, de 18 anos. Ele morreu no local após uma troca de tiros com a polícia, e as motivações do crime não foram divulgadas.

Pouco antes de causar o massacre na escola, o agressor atirou contra a própria avó, que foi hospitalizada.

3. Onde o crime ocorreu?

O incidente foi registrado na escola Robb Elementary, na cidade de Uvalde, a 130 km de San Antonio.

O caso já é considerado como o mais mortal dos EUA desde o massacre na escola Sandy Hook, em Connecticut, que deixou 26 pessoas mortas – 20 crianças entre 6 e 7 anos e seis adultos – em 2012.

Mapa mostra localização de Uvalde, no Texas — Foto: g1 Mundo

Mapa mostra localização de Uvalde, no Texas

4. Ainda há feridos?

Parte dos estudantes deram entrada em um hospital da região com ferimentos. O banco de sangue da cidade precisou fazer um pedido para doações.

Uma criança e uma mulher de 62 anos precisaram ser transferidas para uma cidade vizinha para serem atendidas em um centro de saúde especializado em traumas.

O University Health, um hospital em San Antonio, disse em uma atualização nesta quarta-feira que uma mulher de 66 anos e uma menina de 10 anos foram levadas ao hospital em estado crítico após o tiroteio na escola e agora estavam em estado grave.

Mulheres choram após ataque em escola do Texas em 24 de maio de 2022 — Foto: Reuters

Mulheres choram após ataque em escola do Texas em 24 de maio de 2022

5. O crime é incomum?

Não. Tiroteios em massa têm se tornado cada vez mais comuns nos EUA, e o número de casos como esse tem aumentado nos últimos anos.

Em 2021, foram 34 ataques em escolas, o maior número registrado desde 1999 – quando iniciou a série histórica –, segundo levantamento do jornal “The Washington Post”.

Não há um balanço oficial do governo americano que registre o número de ataques com armas em escolas do país.

O presidente do EUA, Joe Biden, inclusive, disse em um pronunciamento que “é hora de agir” contra o lobby de empresas de armas no país.

“Como uma nação, nós devemos nos perguntar ‘quando é que vamos nos opor ao lobby das armas?'”, disse em discurso na Casa Branca. “É hora de agir”.

Mulher chora ao telefone após ataque em escola do Texas em 24 de maio de 2022 — Foto: Reuters

Publicações relacionadas

Lojas do McDonald’s reabrem com novo nome na Rússia

Redação

Selena Gomez fala em desconforto ao posar para capa de álbum

Redação

Netflix divulga teaser e pôster do remake de “Matilda”

Redação

Deixe um comentário