Amazonas Destaques Manaus

Manaus é uma das piores em água e esgoto após 20 anos de privatização

O Senado aprovou no primeiro semestre de 2020 a possibilidade de entregar ao setor privado o controle do fornecimento de água e do tratamento de esgoto no Brasil.

O modelo foi comemorado pelos parlamentares, no entanto, esse sistema não apresentou bons resultados em Manaus e no Tocantins, onde os serviços já são privatizados há duas décadas.

O relator do projeto, o senador Tasso Jereissati (PSDB-CE) garantiu, à época, que até o final de 2033, 99% da população terá acesso à água tratada e 90% à coleta e tratamento de esgoto.

Mas a promessa de universalização do serviço nem sempre é garantia de bons resultados, a exemplo do que aconteceu na cidade de Manaus e do estado de Tocantins.

Publicações relacionadas

Refis da Prefeitura de Manaus resgatou R$ 253 milhões da Dívida Ativa

Redação

‘Se dizem apaixonadas pela Amazônia, mas excluem a ZFM’, diz Arthur Virgílio

Redação

Operação Poseidon: Exercício militar reúne mil homens no Rio de Janeiro

Redação

Deixe uma resposta