Amazonas Destaques Manaus

Mais de 79 mil ‘esquecem’ da 2ª dose da vacina contra a covid-19

Manaus – A Fundação de Vigilância em Saúde do Amazonas (FVS-AM) alerta a população sobre a importância de completar o esquema vacinal contra a Covid-19, recebendo a segunda dose da vacina contra a doença. Quem já recebeu a primeira dose deve ficar atento à data da próxima etapa da imunização, registrada pelas equipes das secretarias municipais de saúde. No Amazonas, 79.290 pessoas estão com o esquema vacinal atrasado.

O diretor-presidente da FVS-AM, Cristiano Fernandes, reforça que a vacina terá efetividade se for aplicada da maneira indicada, em duas doses. “A pessoa que recebeu a primeira dose, mas não retornou para a segunda aplicação não terá a mesma imunização que alguém que realizou o esquema completo com as duas doses. Por isso é importante ressaltar que, ainda que esteja com atraso, a pessoa procure a unidade de saúde para completar a imunização”, alerta Cristiano.

Foto: Divulgação

“Quando o processo de imunização é iniciado, na primeira dose, o corpo produz anticorpos que irão proteger o organismo, porém a produção destes anticorpos, que são específicos contra o SARS-CoV-2, só atinge sua maior eficácia sobre a doença após a segunda dose da vacina”, explica a infectologista Solange Dourado, responsável por eventos pós-vacinais do Centro de Referência de Imunobiológicos Especiais (Crie/FVS).

Outro ponto abordado pela infectologista foram os eventos adversos que podem ocorrer após a aplicação da vacina. Solange acrescenta que possíveis efeitos após a vacinação são temporários e não duram mais que poucos dias.
Mutirão

Fonte: D24am. Leia mais em https://d24am.com/amazonas/mais-de-79-mil-esquecem-da-2a-dose-da-vacina-contra-a-covid-19/

Publicações relacionadas

Estoque de bolsas de sangue chega a nível crítico e Hemoam convoca doadores com urgência

Redação

Ato Público inicia campanha pelo fim da violência contra mulheres no Amazonas

Redação

Projeto de Roberto Cidade quer responsabilizar condutores sob efeito de álcool por danos ao patrimônio público

Redação

Deixe uma resposta