Brasil Destaques

Mais de 50% dos infectados com coronavírus já estão curados

Dos 121,2 mil casos de infecção pelo novo coronavírus (SARS-CoV2) confirmados em 113 países até esta quarta-feira (11), 66,2 mil (54,6%) se curaram, segundo dados de um monitoramento do Centro de Ciência e Engenharia de Sistemas da Universidade Johns Hopkins, nos EUA. 

China foi o país com o maior número de vítimas do coronavírus. Desde o início da epidemia, em janeiro, 80,9 mil casos haviam sido confirmados, sendo que 61,5 mil pessoas já tinham se recuperado (76% do total).

Na Itália, segundo país mais afetado pela epidemia de SARS-CoV2, 8.514 pessoas testaram positivo para a doença causada pelo coronavírus (chamada de covid-19). Destas, 1.004 se curaram.

Leia também: Quais as diferenças entre gripe e a doença causada pelo coronavírus

A taxa de letalidade da covid-19 ao redor do mundo tem sido em torno de 3,5%, de acordo com os números da OMS (Organização Mundial da Saúde). Até agora, foram registrados 4.290 óbitos. 

Esse patamar de 3,5% é considerado por especialistas como relativamente baixo. As epidemias anteriores de outros coronavírus semelhantes a este, a SARS (síndrome aguda respiratória grave) e a MERS (síndrome respiratória do Oriente Médio) tinham taxas de letalidade de 9,6% e 35%, respectivamente. 

Vale ressaltar que a maioria das vítimas tinha mais de 70 anos ou doenças crônicas, como diabetes, hipertensão, entre outras.

Na terça-feira (10), o Ministério da Saúde do Brasil ressaltou que 90% dos casos de coronavírus podem ser tratados em casa, pois os sintomas são leves, semelhantes a um resfriado.

A recomendação do governo é que apenas pessoas com febre prolongada (mais de 48 horas) ou dificuldade para respirar procurem os hospitais. 

Publicações relacionadas

Empresas do polo industrial de Manaus fazem transição para novo modelo

Redação

Colômbia fecha passagem de carros na fronteira entre Tabatinga, no AM, e Letícia

Redação

Corinthians se livra de penhora, mas tem conta bloqueada

Redação

Deixe uma resposta