Brasil Destaques Entretenimento Famosos

Maiara e Maraísa não podem mais usar a marca “As Patroas”

As Patroas, marca registrada no projeto musical de Maiara e Maraísa junto com Marília Mendonça, foi proibido de ser usado pelo Tribunal de Justiça da Bahia. O nome já era usado pela cantora Daisy Soares que processou as artistas e o WorkShow, escritório responsável por elas.

A cantora Daisy Soares lançou a banda de “forró contemporâneo” “A Patroa” e iniciou o processo de registro do nome no Instituto Nacional de Propriedade Industrial (INPI), em 2014. Em 2017, o órgão oficial para registro de marcas concedeu o uso exclusivo da marca artística. 

As artistas começam a usar esse nome mais ou menos por volta de 2018, quando o nome já havia sido registrado por Daisy. O trio é conhecido no Brasil inteiro como “As Patroas”, e agora está proibido de usar o nome.

A decisão judicial foi concedida por Argemiro de Azevedo Dutra, juiz substituto, da 2ª Vara Empresarial de Salvador (BA), e impede a dupla sertaneja de usar as marcas “A Patroa” ou “As Patroas” para qualquer finalidade, sob a pena de multa de R$ 100 mil por utilização.

Publicações relacionadas

Prefeito David Almeida anuncia a construção de Memorial às vítimas da Covid-19

Redação

Governador Wilson Lima lança programa “Muda Manaus” na zona norte

Redação

Amazonino vai à praia e anuncia retorno ao Amazonas para início de março

Redação

Deixe um comentário