Amazonas Destaques Manaus Polícial

Líder de massacre de 56 presidiários desembarcam em Manaus

Manaus – Líderes de facções e outros criminosos de alta periculosidade chegam ao Amazonas, nesta quarta-feira (11), vindos do sistema prisional federal. Segundo a Secretaria de Estado de Administração Penitenciária (Seap), os 13 detentos serão escoltados pela equipe do Departamento Penitenciário Nacional (Depen), vinculado ao Ministério da Justiça e Segurança Pública (MJSP).

De acordo com nota enviada pelo coronel Vinícius Almeida, secretário da Seap, foi solicitada a permanência desses detentos na Penitenciária Federal de Mossoró, no Rio Grande do Norte (RN). “A Seap solicitou a permanência desses detentos em regime federal. Entretanto, foi negado pela Justiça”, afirmou o secretário da Seap.

Após desembarcarem na capital amazonense, por volta das 13h30 desta quarta, os detentos serão encaminhados para a Central de Recebimento e Triagem (CRT) para os procedimentos de identificação. Em seguida, eles serão levados para o Instituto Penal Antônio Trindade (Ipat), onde ficarão isolados durante 15 dias como medida preventiva ao coronavírus.

Detentos estavam na Penitenciária Federal de Mossoró e retornam ao Amazonas nesta quarta-feira, 11 (Foto: Divulgação)

Perfil
Os detentos são de alta peculiaridade e alguns deles são líderes de facções criminosas, como Clemilson dos Santos Farias, 38, mais conhecido como ‘Tio Patinhas’, apontado como o braço direito do líder do Comando Vermelho (CV) em Manaus, Gelson Carnaúba, o ‘Mano G’.

Outros dois detentos são parentes do famoso líder da Família do Norte (FDN), o traficante Zé Roberto. Luciano da Silva Barbosa, conhecido como ‘Luciano L7’, é um dos fundadores da FDN e também filho do traficante. José de Arimatéia Façanha é primo do traficante e conhecimento no mundo do crime como ‘Ari’.

“Tio Patinhas” é líder de facção criminosa (Foto: Divulgação)

Um dos principais líderes do massacre que resultou na morte de 56 detentos no Complexo Penitenciário Anísio Jobim (Compaj) em 2017, Márcio Ramalho Diogo, conhecido como ‘Garrote’, também desembarca em Manaus.

Janderson Rolim Matos, conhecido como “Passarinho”, e Rômulo Brasil da Costa são apontados como os líderes de outro massacre, ocorrido no mesmo ano, na Cadeia Pública Desembargador Raimundo Vidal Pessoa, no Centro de Manaus, que ocasionou em quatro mortes e vários presidiários feridos.

“Garrote” e outros detentos de alta periculosidade também retornam ao Amazonas (Foto: Divulgação)

Veja a lista completa dos detentos:
Fernando Félix da Silva
Rômulo Brasil da Costa
José Bruno de Souza Pereira
Luciano da Silva Barbosa
José de Arimatéia Façanha do Nascimento
Janderson Rolim de Matos
Eduardo Queiroz de Araújo
Clemilson Santos Farias
Florêncio Nascimento Barros
Márcio Ramalho Diogo
Fabrício Duarte Araújo
Romário Corvelo Fonseca
Thiago Fernandes Soriano

Publicações relacionadas

Átila Lins e Cel Menezes da Suframa se unem para adquirir respiradores mecânico para o Interior do AM

Redação

Homem morre após capotar carro na Avenida Torquato Tapajós, em Manaus

Redação

Prefeitura de Manaus Constantino Nery tem trânsito liberado com avanço na obra do complexo viário Ministro Roberto Campos

Redação

Deixe uma resposta