Amazonas Destaques Manaus

Letreiro turístico vai receber piso acessível e mobiliários similares estão em estudo para implantação

Até o fim de janeiro, o mais novo ponto instagramável da capital amazonense, o primeiro letreiro turístico da Prefeitura de Manaus, deverá receber um novo piso ao redor da instalação no complexo turístico Ponta Negra, na zona Oeste. Inaugurado no último dia 15, o letreiro está se tornando parada obrigatória no cartão-postal natural da cidade.

Instalado nas proximidades do Centro de Atendimento ao Turista (CAT), em uma área de gramado que tem como fundo a vista para o rio e a ponte jornalista Phelippe Daou, o espaço receberá um novo piso, tanto para ser mais resistente ao fluxo de pessoas quanto para permitir acessibilidade para pessoas com mobilidade reduzida e com deficiência (PcDs).

Uma equipe do Instituto Municipal de Planejamento Urbano (Implurb) trabalha na composição para ter o melhor piso, dentro dos padrões do parque Ponta Negra. Mais outros três letreiros serão instalados na cidade, reforçando o investimento da prefeitura no turismo.

“Essas obras não custam nenhum recurso para os cofres da prefeitura, sendo decorrentes de medidas compensatórias”, comentou o prefeito David Almeida.

Os recursos de medidas compensatórias são decorrentes de licenciamento urbano, previsto no Plano Diretor, e a prefeitura não tem custo na construção dos mobiliários.

Para o diretor-presidente do Implurb, engenheiro Carlos Valente, o mobiliário passa a ser a assinatura oficial da capital e será replicado em outros pontos, como a praça da Matriz, Centro; no Educandos; e no futuro parque Encontro das Águas, zona Leste, entre outros pontos.

Identidade

O letreiro turístico da Ponta Negra tem 10,50 metros de comprimento por 2,80 metros de altura, formando a palavra “Manaus”, além de elementos vazados como corações e árvores de 4,50 metros de altura. Todo o corpo do mobiliário foi construído usando chapas metálicas, com estruturas em uma base de concreto para fixação segura.

Apesar do material ser resistente e de alta durabilidade, a prefeitura orienta que a população não faça fotos montando no letreiro, evitando qualquer tipo de vandalismo ao mobiliário. Guardas municipais e a equipe da comissão do parque têm orientado usuários a não subir, escalar ou se pendurar nas letras e elementos.

Atração 

A iluminação cênica do mobiliário proporciona interatividade com o público, além de acompanhar as campanhas de saúde, que usam cores como referência.  

— — —

Texto – Claudia do Valle / Implurb

Fotos – Ruan Souza/Semcom e Altemar Alcântara/Semcom

Publicações relacionadas

Jovens contemplados em projeto da prefeitura apresentam espetáculo de dança

Redação

Advogados pedem para empresário não depor à CPI da Saúde que vai agendar nova data

Redação

Semed convoca 47 aprovados em Processo Seletivo Simplificado em Manaus

Redação

Deixe um comentário