Amazonas Destaques Manaus

Lei oficializa criação do Centro de Cooperação da Cidade e obra já está 90% concluída

Manaus – O prefeito de Manaus, Arthur Virgílio Neto, oficializou a criação do Centro de Cooperação da Cidade (CCC), por meio de lei municipal publicada na edição 4872 no Diário Oficial do Município (DOM). A estrutura, com obra física que já alcança 90% de execução, é considerada o marco do programa Cidade Inteligente e fica no cruzamento das avenidas Efigênio Sales e Umberto Calderaro Filho, no bairro Parque 10 de Novembro, zona Centro-Sul, e irá integrar o trabalho de diversas secretarias municipais, dando maior celeridade às demandas da capital.

“É uma obra com a qual sonhei, lá atrás, e um grande passo para a Manaus inteligente que tanto falo. A solução de dilemas cotidianos vai ser encontrada de forma mais ágil, pois vamos monitorar, em tempo real, setores como trânsito, transporte, saúde, obras, educação, meio ambiente e áreas de risco. Com a entrega do CCC, a capital da nossa Amazônia vai ganhando, cada vez mais, ares de metrópole. É um passo rumo ao futuro e à evolução”, destacou o prefeito Arthur Neto ao assinar a sanção da lei, no hospital Adventista de Manaus, onde segue em tratamento da Covid-19.

(Foto: Alex Pazuello/Divulgação)

Dirigido por um superintendente a ser nomeado, o Centro de Cooperação da Cidade será vinculado à Casa Civil e atuará na ocorrência de crises de urgência e emergência, mobilizando equipes e recursos necessários, divulgando, inclusive, informações aos veículos de comunicação. Ainda segundo a lei municipal, no local, reuniões estratégicas também serão feitas para proposição de planos de gestão e operação, geração de dados, além de gerenciamento de riscos e mudanças de planejamento.

O projeto de construção do CCC foi desenvolvido pelo Instituto Municipal de Planejamento Urbano (Implurb), cujo diretor-presidente, Cláudio Guenka, visitou o local nesta quinta-feira (2), e destacou o fator de inovação do projeto. “Ousamos dizer que é um dos melhores centros já instalados no Brasil, onde o prefeito Arthur Virgílio e seus sucessores vão dispor de uma ferramenta muito útil para socorrer a população de Manaus”, declarou.

Atualmente, as equipes que trabalham na construção do CCC se concentram em detalhes finais, como a instalação da subestação, da estação de tratamento e o assentamento do piso. A previsão é que a estrutura física seja concluída ainda no início de agosto.

Já o planejamento tecnológico é coordenado pela Secretaria Municipal de Finanças e Tecnologia da Informação (Semef). O subsecretário da pasta, Richard Douglas, também acompanhou a visita e frisou que, após a conclusão das obras, os equipamentos serão instalados no local. “Nove projetos para aquisição dos equipamentos estão em fase de licitação e, a partir do vencimento das empresas e do término da construção, vamos recebê-los e acompanhar a instalação”, ressaltou.

O sistema que integrará as informações do poder público municipal é chamado de software de inteligência e vai unir dados de secretarias partindo do conceito de atendimento que, hoje, elas já fazem, porém de forma separada. O monitoramento da cidade vai ser feito por meio de câmeras espalhadas em todas as zonas. A entrega completa do Centro de Cooperação da Cidade está prevista para outubro, já com todos os sistemas operando.

Publicações relacionadas

Em busca da sorte, apostadores jogam na Mega da Virada em mesma lotérica de ganhador manauara em 2019

Redação

Homem é baleado durante assalto a padaria no Parque 10

Redação

Prefeitura recebe MPAM para inspeção no hospital de campanha

Redação

Deixe uma resposta