Amazonas Destaques Manaus

Lancha do governo distribui rancho para eleitores de Tiradentes em Coari

Ao que tudo indica, a campanha de Robson Tiradentes vem recebendo uma generosa ajuda por parte do governo do Estado. Um flagrante mostra centenas de ranchos sendo entregues em Coari na manhã desta quarta-feira (10). Vídeos registrados por populares mostram o momento em que a carga é retirada da embarcação Iana e colocada em caminhonetes usadas pela equipe do opositor ao candidato mais forte das eleições suplementares do município, Keitton Pinheiro.

Segundo informações enviadas a reportagem juntamente com a denúncia de que os ranchos seriam supostamente usados em tentativas de compras de votos, o barco Iana é utilizado em serviços e missões designadas pelo governador do estado do Amazonas, Wilson Lima.

Wilson é um apoiador velado da chapa de Robson Tiradentes e amigo pessoal de Ronaldo Tiradentes, que tem investido pesado em ataques a família Pinheiro durante seus programas de rádio e TV.

Ameaças de morte

Recentemente os ataques também ocorreram em plataformas de mídias sociais, onde o jornalista e advogado Ronaldo Tiradentes ameaçou de morte o ex-prefeito de Coari, Adail Filho. Em mensagens divulgadas pelo próprio ex-prefeito, Tiradentes chega a afirmar que possui uma arma e que pretende caçar Adail para assassiná-lo a tiros.

Em outro trecho da conversa que foi trazida a público, Tiradentes ainda se refere ao apresentador Alex Braga que foi vítima de um atentado criminoso em 2020 por fazer menção ao governo Wilson Lima em seu programa diário. Há época, Alex foi agredido e intimidado a parar de mencionar as polêmicas envolvendo o governo. Em trecho da conversa, Tiradentes chega a afirmar que o mesmo episódio criminoso poderia acontecer com o ex-prefeito Adail Filho.

Contratos entre governo e empresas Tiradentes

Outra prova do conchavo entre o governo e o clã Tiradentes é o contrato milionário fechado entre Seduc (Secretaria Estadual de Educação) e a empresa Via Direta Telecomunicações Via Satélite e Internet LTDA, que tem como proprietário Ronaldo Tiradentes.

Em 2020, a empresa foi contratada pelo governo do Estado por R$ 25,3 milhões para gerir o Centro de Mídias do Amazonas que durante a pandemia ficou responsável por produzir vídeo aulas para o ensino a distância.

Além da empresa Via Direta, Ronaldo Tiradentes também é dono da DMP Design Marketing e Propaganda que é outra favorecida por Wilson Lima e que já recebeu R$ 33 milhões do governo, mais aditivos.

Publicações relacionadas

Ministério Público do RJ pede arquivamento de queixas feitas contra Karol Conká

Redação

‘Crachás acolhedores’ mostram sorrisos de profissionais do hospital de campanha

Redação

Amazonas investiga dois novos casos positivos para o novo coronavírus

Redação