Amazonas Destaques Manaus

Japão quer começar a vacinar contra coronavírus no 1º semestre de 2021

Tóquio – O Ministério da Saúde, Trabalho e Bem-Estar Social do Japão elaborou um plano para tornar mais rápido o processo até que vacinas contra o novo coronavírus possam ser usadas na prática. A ideia é acelerá-lo ao incentivar, de maneira simultânea, tanto a pesquisa e o desenvolvimento quanto a produção.

O ministério reservou cerca de US$ 455 milhões em subsídios para instituições envolvidas no desenvolvimento de vacinas, como parte de uma segunda proposta de orçamento suplementar para o ano fiscal atual.

A pasta também reservou cerca de US$ 1,3 bilhão em verbas extras para incentivar empresas privadas a investir em unidades de produção de vacinas.

Autoridades de saúde afirmaram a representantes de partidos governistas que esperam poder começar a vacinar a população contra o novo coronavírus na primeira metade do próximo ano. Ao mesmo tempo em que incentivam investimentos na capacidade de produção, eles também querem facilitar o processo de aprovação da vacina.

Expectativa do governo japonês é vacinar a população contra o novo coronavírus na primeira metade do próximo ano (Foto: Divulgação/ABr)

Publicações relacionadas

Alfredo é o candidato mais preparado para administrar Manaus, aponta pesquisa

Redação

Secretária foi presa porque Susam é quem dá parecer técnico para compra de materiais, diz PF

Redação

CPI da Saúde constata que hospital Nilton Lins não tem controle sobre serviços de empresas terceirizadas

Redação

Deixe uma resposta