Amazonas Destaques Manaus

Jair Bolsonaro é convidado para se filiar ao PL que elegeu 345 prefeitos no último domingo

O presidente Jair Bolsonaro tem recebido vários convites para se filiar a partidos do Centrão. O mais recente foi feito pelo senador Jorginho Mello (SC), que insiste para Bolsonaro entrar no PL. A sigla é comandada pelo ex-deputado Valdemar Costa Neto. Jorginho se aproximou de Bolsonaro nos últimos meses e foi alçado a vice-líder do governo no Congresso.

Sem conseguir tirar o partido Aliança pelo Brasil do papel, o presidente já conversou com pelo menos outras quatro legendas do Centrão para uma possível filiação: Republicanos, PTB, Progressistas e Patriota. Além disso, mantém conversas com o PSL, pelo qual foi eleito, em 2018, mas brigou no ano passado. A disputa envolveu o comando de diretórios estaduais e a distribuição de recursos partidários.

O aceno do PL para Bolsonaro foi feito em pelo menos duas ocasiões, ainda antes do primeiro turno das eleições municipais. Uma das conversas ocorreu no Palácio do Planalto, há duas semanas. A outra foi durante a viagem do presidente a Santa Catarina, no último dia 6. Bolsonaro não respondeu se aceitaria ou não se filiar à legenda, mas deixou as portas abertas.

O desempenho no primeiro turno das eleições serviu para reforçar as conversas do chefe do Executivo com o Centrão. Para se candidatar a novo mandato, em 2022, o presidente precisa estar filiado a um partido. O PL, por exemplo, elegeu 345 prefeitos no último domingo, 46 a mais do que em 2016 até o momento. A legenda ainda disputará o segundo turno em algumas cidades.

Publicações relacionadas

MPF instaura inquérito para apurar controle de surto de H1N1 no AM

Redação

EUA ULTRAPASSAM ESPANHA E SÃO SEGUNDO PAÍS COM MAIS MORTES POR CORONAVÍRUS

Redação

Com Selic menor, rentabilidade do FGTS supera a da renda fixa

Redação

Deixe uma resposta