Destaques Política

ITACOATIARA | Vereador Robson Siqueira é denunciado à Câmara e alega perseguição política.

Na sessão desse ultimo dia (08/06), da Câmara Municipal de Itacoatiara, o vereador Robson Siqueira PV, segundo mais votado do município, foi denunciado por possíveis acúmulos de cargos e quebra de decoro.

O vereador também é sargento da reserva remunerada e médico atuante pelo município de Silves e também na UPA de Itacoatiara, pela cooperativa. No entanto, o vereador Robson Siqueira é um dos mais assíduos nas sessões da Câmara Municipal, não possuindo faltas, visitando comunidades, fiscalizando a saúde, educação e segurança.

Denunciando diversas irregularidades no município e fazendo com que a alta cúpula do executivo municipal se incomode com o seu trabalho, o mesmo vem sofrendo ataques por parte dos familiares do prefeito de Itacoatiara, e de servidores com cargos de confiança.

Nepotismo, indícios de fraudes em licitações, fraudes no FUNBEB, fraudes no PSS da SEMED, são apenas algumas das denúncias feitas pelo vereador em pouco mais de 5 meses de mandato no legislativo municipal.

Nas palavras do próprio vereador Robson Siqueira, em coletiva à imprensa local, ele afirmou: “Em Itacoatiara está uma das maiores quadrilhas do Amazonas, e não é quadrilha de festa junina não, é quadrilha criminosa mesmo.”

Agora, a Câmara Municipal de Itacoatiara, decidirá se arquivará o processo ou dará prosseguimento para uma possível cassação do vereador que é opositor ao executivo municipal.

O vereador nega qualquer ilegalidade e se diz tranquilo quanto ao andamento do processo, alegando perseguição política por parte de seus opositores.

Agora restam esperarmos os próximos episódios dessa novela que parece longe de acabar.

Fonte: Redação Agora Itacoatiara

Publicações relacionadas

Justiça mantém condenação de 61 anos de empresário flagrado com adolescente de 13 anos em motel no AM

Redação

Brasil restringe vinda de estrangeiros de avião

Redação

Maior perfil de faxina do Brasil no Tik Tok e no Instagram é de amazonense

Redação

Deixe um comentário