Destaques Mundo

IMPRESSORA A LASER AUMENTA RISCO DE INFARTO EM USUÁRIOS, DIZ ESTUDO

Pesquisadores da Universidade de Louisville e Harvard descobriram que impressoras a laser emitem nanopartículas e, se utilizadas por muito tempo, podem aumentar o risco de infarto, hipertensão e arritmia em usuários. Os resultados do estudo foram divulgados na revista Biomed Central.

Isso acontece porque, durante a impressão, o toner da máquina aquece — e, por consequência, emite em níveis alarmantes essas partículas. “Nossa conclusão durante o estudo foi justamente que essas alterações podem indicar um aumento de risco cardíaco. Elas não podem gerar, por conta apenas da impressora, um infarto. Mas se você já tem alguma coisa, ela pode aumentar e influenciar nisso”, explicou a coautora da pesquisa, Renata Salatini.

O estudo ainda destaca que os mais afetados por esse problema são profissionais que ficam em contato com essas máquinas por períodos prolongados todos os dias, em empresas especializadas ou centrais de cópias, por exemplo. Para amenizar essa questão, a pesquisadora afirma que alguns locais dos Estados Unidos “querem controlar a sala com pressão negativa e adicionar insalubridade ao regime de trabalho”.

Impressoras a jato de tinta não emitem materiais particulados e, portanto, não oferecem riscos à saúde

Impressoras a jato de tinta não emitem materiais particulados e, portanto, não oferecem riscos à saúdeFonte:  Visualhunt/Reprodução 

Os perigos da impressão 3D

As impressoras 3D também podem colocar a saúde dos usuários em risco, devido à emissão de um alto número de partículas ultrafinas. Segundo uma pesquisa publicada na revista Science Direct da Universidade de Illinois, a inalação dessas substâncias podem gerar problemas respiratórios e cardiovasculares. Para evitar que isso aconteça, esses aparelhos devem ser utilizados em ambientes ventilados.

“O que foi feito dentro da pesquisa foi visto em quantidades maiores, equivalentes a três a quatro impressoras. Eram cinco horas de exposição. No uso doméstico, dificilmente alguém vai ficar tanto tempo exposto”, afirmou Salatini. Portanto, usuários que fazem um uso doméstico e esporádico desses equipamentos não correm riscos.

FONTE:tecmundo

Publicações relacionadas

Incêndio atinge Subestação de Energia Elétrica em Manaus

Redação

Delegacia é aprovada sem obter ‘blindagem’

Redação

Josué na liderança de intenções de votos entre pré-candidatos bolsonaristas para prefeitura de Manaus

Redação

Deixe uma resposta