Destaques Entretenimento Mundo

IFA 2020 será presencial, mas em formato reduzido só para convidados

A organização da IFA, um dos maiores eventos de tecnologia da Europa e a maior feira do setor no segundo semestre do ano, detalhou como será a edição de 2020.

Por causa da pandemia do novo coronavírus, o formato tradicional de exibidores em galpões em Berlim foi descartado, mas ela também não será totalmente digital. A IFA 2020 será totalmente fechada ao público e os visitantes serão todos convidados de forma limitada. Em vez de um grande encontro, serão quatro sessões de palestras e demonstrações de produtos, cada uma com o limite máximo de mil participantes — bem menos do que a alta concentração de jornalistas, fãs e empresários que se reuniam tradicionalmente em Berlim.

Um dos “minieventos” concentra a palestra de abertura, que inclui uma fala do presidente da Qualcomm, Cistiano Amon. Outros terão os espaços tradicionais para reuniões corporativas e fechamento de parcerias, enquanto um dos espaços será dedicado para mobilidade e tecnologias do futuro. Uma série de eventos digitais também serão realizados e a transmissão para espectadores de todo o mundo deve ser detalhada no futuro.

Todo cuidado é pouco

Autoridades sanitárias da Alemanha estarão a todo momento presentes para garantir o cumprimento de regras de distanciamento social e higienização do ambiente. Vale lembrar que, aos poucos, o país tenta retomar atividades sob muita cautela, com até mesmo o campeonato nacional de futebol voltando a receber partidas.

A IFA 2020 acontece entre os dias 3 e 5 de setembro e costuma ser palco de revelação de alguns produtos de algumas das maiores fabricantes de eletrônicos do mundo, tanto em dispositivos móveis quanto em aparelhos para uso doméstico. 

fontes:
Cnet

COMPARTILHE

Publicações relacionadas

Colegiado do TCE-AM julga 57 processos nesta segunda-feira (17)

admin

Abandonados dentro de casa, cinco irmãos são resgatados após mãe deixar família e viajar ao interior, diz polícia

admin

Mourão defende avanços nos sistemas de monitoramento da Amazônia

admin

Deixe um comentário