Amazonas Manaus Polícial

Homem morre após golpe ‘mata-leão’ no Centro de Manaus

De acordo com o suspeito do crime, o golpe foi em legítima defesa pois a vítima queria ter relações sexuais

Marcos Fabrício, 33, foi assassinado na manhã desta quinta-feira (16) por um golpe de artes marciais  conhecido como “mata-leão” desferido pelo barbeiro Carlos Henrique Oliveira Moreira, 21. “Eu só quis me defender. Ele queria ter relações sexuais comigo e eu não aceitei”, relatou o suspeito.

O crime aconteceu por volta das 6h, em um dos apartamentos do hotel Paris, localizado na rua Lobo D’Almada, 343, Centro de Manaus. De acordo com informações da polícia, a dupla entrou no estabelecimento por volta das 6h e meia-hora depois Marcos Fabrício já estava morto.

Carlos Henrique, depois de cometer o crime, foi a recepção, contou o que tinha acontecido e pediu para que chamassem a polícia e avisasse a família dele. Ao se entregar para o cabo Moabe, da Polícia Militar, ele contou o que aconteceu naquele apartamento.

De acordo com o suspeito, ele e a vítima se conheceram durante a noite, beberam e usaram drogas e ao amanhecer foram para o hotel para continuar consumindo. Depois de drogados, a vítima apagou a luz do apartamento e, segundo Carlos, tentou agarrá-lo para ter relações sexuais com ele.

O suspeito disse que reagiu e aplicou um golpe mata-leão. “Eu o segurei e ele ficou se debatendo tentando se livrar. Quando ele parou de se mexer eu o joguei para o  lado”, contou.

O suspeito foi preso e levado para o 1º Distrito Integrado de Polícia (DIP). Carlos Henrique alegou que estava sob efeito de droga, que agiu em legítima defesa, que não tinha a intensão de matar e que estava arrependido.

Publicações relacionadas

Frente Parlamentar Cristã realiza 1º Ato Devocional híbrido nesta quinta-feira (23)

Redação

Rio Negro registra subida recorde nos primeiros 10 dias de 2022

Redação

Convênio de R$ 133 mi entre a prefeitura e o governo do Amazonas garante construção do complexo viário do Produtor e do parque Gigantes da Floresta

Redação

Deixe um comentário