Esportes

Grêmio completa um mês sem vitória na Série B e mergulha em crise

PORTO ALEGRE – Maio de 2022 não vai deixar saudades para o Grêmio. Ao empatar sem gols com o Vila Nova, no domingo (29), o clube gaúcho completou um mês sem vitórias na Série B do Campeonato Brasileiro. O reflexo é o time fora do G4, com apenas um gol marcado em quatro partidas e ambiente entrando em convulsão novamente. Os dias têm ares de crise.

Agora, o time gaúcho se prepara para viajar ao Rio de Janeiro e enfrentar o Vasco, nesta quinta-feira (2), em São Januário, pela décima rodada.

A última vitória gremista na Série B foi diante do CRB, em 30 de abril. De lá para cá, derrota para o Cruzeiro pelo placar de 1 a 0 e empates com Ituano, Criciúma e agora Vila Nova.

De forma prática, o Grêmio deixou a liderança ao perder para o Cruzeiro e despencou para o sexto lugar. Com o empate em Goiânia, voltou a ser quinto, mas já está nove pontos atrás do clube mineiro, atual primeiro colocado. Afora os números, o desempenho tem gerado enorme preocupação. O técnico Roger Machado passou a mudar o time de uma partida para a outra em busca de novidades -especialmente no ataque. O resultado foi o mesmo: somente um gol e oscilação até de peças que anteriormente eram o alicerce da equipe.

No Campeonato Gaúcho, Villasanti, Lucas Silva e Bitello conduziram o Grêmio à final com direito a vitória histórica em pleno estádio Beira-Rio. Na Série B, o paraguaio é o que menos oscilou nas últimas semanas. O camisa 16 chegou a virar reserva, voltou ao time e depois saiu mais uma vez. Enquanto o jovem, revelação em 2022, fez atuações discretas.

Fora de campo, o ambiente é de crise. A cobrança por melhores resultados tem aumentado à medida que o time tropeça. No domingo, em Goiânia, torcedores entoaram o nome de Renato Gaúcho depois do apito final. O ídolo e ex-treinador está desempregado.

“O mês de maio obviamente joga pressão no trabalho, porém eu acredito que a gente consiga equilibrar com as opções que a gente tem, no momento”, disse o treinado Roger Machado.

Nesta quinta-feira, o técnico terá que montar um time sem Villasanti e Campaz, convocados pelas seleções paraguaia e colombiana, respectivamente. Uma provável escalação inicial do Grêmio tem: Brenno; Geromel, Kannemann, Bruno Alves; Edilson, Thiago Santos, Bitello, Benítez e Nicolas; Biel e Diego Souza.

O Vasco, por sua vez, deve ter alterações em relação ao time que atuou na última rodada, contra o Brusque. O técnico Zé Ricardo terá Gabriel Dias à disposição, retornando de suspensão. Nos últimos treinos, o comandante esboçou uma formação com Getúlio e Figueiredo no lugar de Raniel e Palacios.

Com isso, uma provável escalação inicial do time cruzmaltino tem: Thiago Rodrigues; Gabriel Dias, Quintero, Anderson Conceição, Edimar; Yuri, Andrey, Nenê; Figueiredo (Palacios), Pec e Getúlio (Raniel).

Publicações relacionadas

ESPORTE – Nilton Lins amplia estrutura e serviços do programa de incentivo ao esporte

Redação

Eficiente, Grêmio vence Fluminense em estreia no Brasileiro

Redação

Santos derrota Juventude na abertura da 12ª rodada do Brasileiro

Redação

Deixe um comentário