Amazonas Destaques Manaus

Governos do Amazonas e Federal vão abrir 60 leitos de enfermarias de campanha no Hospital Delphina Aziz

A ação integrada entre o Governo do Amazonas, Governo Federal e Forças Armadas vai possibilitar a instalação, nos próximos dias, de uma enfermaria de campanha na área do Hospital Delphina Aziz, unidade de referência para tratamento da Covid-19 no Amazonas. Serão, inicialmente, 60 leitos clínicos e o anúncio foi feito pelo ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, durante pronunciamento à imprensa na manhã desta quarta-feira (13/01), em Manaus.

Com a nova estrutura, o objetivo é aumentar a oferta de atendimentos na unidade de saúde devido ao crescimento no número de internações no Estado. Os leitos serão instalados em módulos de hospitais de campanha do exército e aeronáutica. Nesta quarta-feira, parte da estrutura deve desembarcar no Estado para reforçar os atendimentos às vítimas da covid-19 no Amazonas.https://googleads.g.doubleclick.net/pagead/ads?guci=2.2.0.0.2.2.0.0&client=ca-pub-9508374237408663&output=html&h=280&adk=432342900&adf=2158672439&pi=t.aa~a.3461031038~i.5~rp.4&w=696&fwrn=4&fwrnh=100&lmt=1610596914&num_ads=1&rafmt=1&armr=3&sem=mc&pwprc=3432251426&tp=site_kit&psa=1&ad_type=text_image&format=696×280&url=https%3A%2F%2Fchumbogrossomanaus.com.br%2Fgoverno-do-amazonas%2Fgovernos-do-amazonas-e-federal-vao-abrir-60-leitos-de-enfermarias-de-campanha-no-hospital-delphina-aziz%2F&flash=0&fwr=0&pra=3&rh=174&rw=696&rpe=1&resp_fmts=3&wgl=1&fa=27&uach=WyJXaW5kb3dzIiwiMTAuMCIsIng4NiIsIiIsIjg3LjAuNDI4MC4xNDEiLFtdXQ..&dt=1610627386667&bpp=6&bdt=1735&idt=8&shv=r20210112&cbv=r20190131&ptt=9&saldr=aa&abxe=1&cookie=ID%3Db8ea29a014484e01-22e04e5c93b800f2%3AT%3D1610627362%3ART%3D1610627362%3AS%3DALNI_MY1H9WHHVnrn3XD2f22ld8-mCfUhw&prev_fmts=0x0&nras=2&correlator=2096921832817&frm=20&pv=1&ga_vid=9951928.1601987820&ga_sid=1610627386&ga_hid=664152117&ga_fc=0&u_tz=-240&u_his=1&u_java=0&u_h=768&u_w=1366&u_ah=728&u_aw=1366&u_cd=24&u_nplug=3&u_nmime=4&adx=141&ady=1217&biw=1349&bih=568&scr_x=0&scr_y=0&eid=21066700%2C21066793%2C42530671%2C21067981%2C21068769&oid=3&pvsid=3535685118415909&pem=362&ref=https%3A%2F%2Fchumbogrossomanaus.com.br%2F&rx=0&eae=0&fc=1408&brdim=0%2C0%2C0%2C0%2C1366%2C0%2C0%2C0%2C1366%2C568&vis=1&rsz=%7C%7Cs%7C&abl=NS&fu=8320&bc=31&ifi=1&uci=a!1&btvi=1&fsb=1&xpc=JzVPpNDTA9&p=https%3A//chumbogrossomanaus.com.br&dtd=M

O ministro afirmou que, no momento, Manaus é prioridade nacional do Ministério da Saúde (MS). “Nós estamos há mais de três semanas com a minha equipe trabalhando com a prefeitura e o governo, discutindo soluções e resolvendo na hora o que tiver que resolver”, disse Pazuello.

A estrutura dos leitos de enfermaria será disponibilizada e montada pelo Governo Federal e a gestão dos profissionais será feita pelo Governo do Amazonas, em parceria com o Ministério da Saúde. O titular da SES-AM, Marcellus Campêlo, ressaltou o apoio do Governo Federal nas ações para reforçar os atendimentos na pandemia, classificando como fundamental.

“Essa força que estamos tendo do Ministério da Saúde, Sírio Libanês, da Força Nacional, com as nossas equipes de saúde, vai tornar a nossa rede mais preparada, inclusive, para quando terminar esse período mais crítico da pandemia, conseguirmos ter uma rede coesa, forte e também conectada com o município de Manaus”, ressaltou Campelo.

Usinas de oxigênio – Marcellus Campêlo disse, ainda, que uma das dez usinas de oxigênio que estão sendo adquiridas, será instalada no Delphina Aziz para abastecer os novos leitos e não sobrecarregar a rede da unidade hospitalar.

“São enfermarias clínicas, ou seja, para pacientes menos graves e que estejam precisando de atendimento. O próprio exército está fazendo a logística de desmontagem e montagem aqui em Manaus. Nós vamos selecionar profissionais junto com o ministério”, disse Campêlo.

Na última semana foi montado um Comitê de Resposta Rápida, para fortalecer as ações em andamento pelo Estado. O Comitê é formado por representantes dos três níveis de governo – federal, estadual e municipal –, com reuniões diárias no Centro Integrado de Comando e Controle (CICC) do Governo do Amazonas.

FOTOS: Rodrigo Santos/ SES-AM

Publicações relacionadas

Bolsonaro: auxílio deve ter novas parcelas de R$ 500, R$ 400 e R$ 300

Redação

Eleição indefinida aumenta tensão nos Estados Unidos

Redação

ESTUDANTES DA PB SÃO FINALISTAS EM CONCURSO COM APPS DE EDUCAÇÃO E FINANÇAS

Redação

Deixe uma resposta