Amazonas Cotidiano Destaques Manaus

Governo Wilson Lima divulga quanto gastou com ações no combate ao coronavírus

Dados mostram que governo comprou equipamentos mais caros no mercado

Valor divulgado é menor do que gasto em 3 meses na Secretaria de Cultura

Até a sexta-feira (17), o Governo do Amazonas informou que valor total empenhado nas ações de combate ao coronavírus foi de R$ 25,39 milhões, com pagamento já efetuado de R$ 3,02 milhões. Os valores são menores do que os da Secretaria de Cultura nos primeiros meses do ano: R$ 30,88 milhões e empenhados e R$ 29,36 milhões pagos. A informação foi postada pelo site 18 Horas.


Segundo a publicação, após recomendações do Ministério Público e do Tribunal de Contas do Estado, o governo do Amazonas passou a publicar, nesta semana, no Portal da Transparência, os valores de recursos que está usando nas ações de combate à pandemia de novo coronavírus e na assistência de pacientes com Covid-19. De acordo com o governo, “são todas as aplicações de recursos para realização das ações emergenciais de combate à pandemia causada pelo novo Coronavírus”.

Onde foi parar o dinheiro

Do total da pagamentos no combate à pandemia, R$ 2,97 milhões foram para a compra de 28 respiradores pulmonares, pagos à FJAP Ltda. Cada um dos ventiladores pulmonares que o governo do Amazonas informou ter comprado por R$ 2,97 milhões, para atender pacientes de Covid-19 no Estado, custou, em média, quase o dobro dos respiradores comprados pelo governo federal. A diferença de preços é de R$ 48,9 mil por unidade.


De acordo com as informações publicada pelo governo, em fevereiro foram pagos, na relação de recursos contra a Covid-19, R$ 1.764,00. Em março, foram empenhados R$ 7,69 milhões e pagos R$ 44 mil. E, em abril, empenhados R$ 17,69 milhões e pagos R$ 2,97 milhões.


O Ministério Público do Amazonas recomendou que o poder público promova a mais ampla divulgação possível dos gastos, em sítio próprio, nas páginas respectivas do Governo do Amazonas e do Município de Manaus, para fins de fácil acesso a toda a sociedade, para resguardar da lisura dos processos de contratação e execução dos contratos referentes ao enfrentamento da Covid-19.


O Comitê de Monitoramento criado pelo Tribunal de Contas do Estado para fiscalizar a aplicação dos recursos públicos destinados ao combate do novo coronavírus (Covid-19) solicitou que Governo do Amazonas, Prefeitura de Manaus e Associação Amazonense de Municípios (AAM) disponibilizem nos respectivos Portais da Transparência, um campo exclusivo para os recursos referentes à situação de calamidade pública.

FONTE:portalunico

COMPARTILHE

Publicações relacionadas

Governo atende proposta de Josué e vai antecipar salários dos servidores estaduais

admin

Josué vota a favor do decreto de reconhecimento à situação de Calamidade Pública de Manaus

admin

Jornalista Alex Braga, do programa AMAZONAS DIÁRIO, sofre atentado ao sair do trabalho

admin

Deixe um comentário