Amazonas Destaques Manaus

Governo vai desativar Hospital Nilton Lins nesta segunda-feira

PGE recomenda que pagamento de prestadores de serviços seja feito a partir de auditagem

A Procuradoria Geral do Estado (PGE) encaminhou orientação a Secretaria de Saúde do Amazonas (Susam), para que os pagamentos dos contratos dos prestadores de serviço do Hospital Nilton Lins, sejam feitos a partir de auditagem, para conferir maior transparência aos processos. Nesta segunda-feira (06/), a Susam desativará o hospital. A unidade manterá a ala destinada a pacientes indígenas por tempo ainda não definido.
Segundo dados oficiais, o hospital, com quase três meses de funcionamento, utilizado no tratamento de pacientes com Covid-19, foi aberto no dia 18 de abril e conta com 148 leitos, sendo 40 de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) e 108 clínicos. Desses, 59 são leitos da ala montada com o apoio do Governo Federal para o atendimento exclusivo de indígenas.

A Susam informou que a desativação está sendo possível em função da redução do número de internações e óbitos pelo novo coronavírus.
Segundo a Susam toda a estrutura de equipamentos disponibilizada pelo Governo do Amazonas, será redistribuída nas unidades da rede estadual de saúde.

Publicações relacionadas

Mulher morre após colisão entre motocicleta e carreta na BR-174

Redação

Em Manaus, suspeito de assassinato é preso ao colidir com viatura da PM durante fuga

Redação

Biomédica assume Susam e Governo do Estado reforça assistência psicossocial nas unidades de saúde

Redação

Deixe uma resposta