Amazonas Destaques Manaus

Governo pagou R$ 472 mil a mais por respiradores, denuncia Uol

O governo do Amazonas tinha uma proposta R$ 472 mil mais vantajosa pelos mesmos respiradores que comprou sem licitação a preços acima do mercado de uma loja de vinhos. A compra superfaturada foi revelada pelo UOL no dia 20 de abril. Os respiradores são um equipamento essencial no tratamento de pacientes com covid-19.


No dia 8 de abril, a Susam (Secretaria de Saúde) emitiu uma nota fiscal em que adquire 28 respiradores mecânicos: 24 do modelo Stellar 150, da marca Resmed, por R$ 104,4 mil cada um, e outros quatro aparelhos da marca Philips comprados na mesma adega por R$ 117,6 mil cada um, em um total de R$ 2.976.000.
Apesar do desembolso aprovado pelo governo, a Susam tinha uma proposta mais vantajosa, mas preferiu comprar os respiradores na Vineria Adega, conhecida como ponto de encontros de políticos e empresários de Manaus.
Na proposta entregue à gerente de compras da Susam no dia 1º de abril, a empresa Sonoar cobra R$ 2.944.000 (R$ 32 mil a menos) pelo contrato, mas oferece 5 respiradores a mais: são 29 unidades do modelo Stellar 150 por R$ 88 mil cada um, desconto de R$ 16 mil a unidade.
Já os quatro aparelhos da Philips custariam R$ 98 mil, R$ 19,6 mil mais barato do que a opção oferecida pela Vineria Adega.
Se tivesse optado pela proposta mais vantajosa, o governo teria economizado R$ 32 mil no valor total do contrato e recebido cinco respiradores a mais, o equivalente a R$ 440 mil. Em entrevista ao SBT, o governador do Amazonas, Wilson Lima (PSC), afirmou que recebeu outras propostas, nenhuma mais barata do que a oferecida pela adega.
Mesmo a proposta perdedora oferecia valores muito acima do mercado. Consulta no mercado feita pelo UOLindica que o primeiro aparelho é vendido por cerca de R$ 25 mil, enquanto o segundo custa R$ 38 mil.
O governador argumenta que a pandemia elevou os preços dos respiradores. “Ou você compra a esse preço ou não vai ter o equipamento (…) Eu desafio alguém a comprar mais barato”, disse.
Procurada, a assessoria de imprensa da Susam não respondeu até o fechamento desta reportagem. As considerações, quando enviadas, serão incorporadas a este texto.

Publicações relacionadas

Josué propõe uso de recursos de P&D para produzir máscaras com mão de obra de costureiras do Amazonas

Redação

Trabalhadores essenciais da prefeitura recebem primeira parcela do 13º nesta sexta-feira, 15/5

Redação

IMPRESSORA A LASER AUMENTA RISCO DE INFARTO EM USUÁRIOS, DIZ ESTUDO

Redação

Deixe uma resposta