Amazonas Destaques Manaus

GOVERNO DO AMAZONAS VAI USAR R$ 1,2 MILHÕES PARA PAGAR INDENIZAÇÕES DE FRETES DE AVIÕES

O Governo do Amazonas mandou para os ares R$ 1.235.852,80 nos últimos dois dias, conforme o Portal da Transparência. O valor, suficiente para comprar, aproximadamente, 11 ventiladores pulmonares a preços superfaturados, foi destinado, via Casa Militar, à Mill Táxi Aéreo LTDA e à Rico Taxi Aéreo LTDA, ambas empresas de aluguel de aeronaves (documentos no final do texto).

Conforme as Notas de Empenho (NE), já liquidadas, a cifra é referente às indenizações de serviços prestados este ano. Somente a Rico, vai receber um total de R$ 569.852,80, em duas notas que quitam indenizações de serviços prestados em fevereiro deste ano. Uma no preço de R$ 191.852,80, por 16 horas de voo, em uma aeronave tipo brasília (avião turboélice bimotor) e outra no valor de R$ 378.000,00, por 21 horas de voo, em uma aeronave tipo jato executivo. Já a Mill vai receber R$666 mil dos cofres públicos do estado por serviços prestados também no segundo mês do ano. A primeira Nota de Empenho regista R$ 270 mil, em indenizações, por 15 horas de voo, em uma aeronave tipo jato executivo e outra no valor de R$ 396 mil pelo fretamento de uma aeronave igual a anterior, mas o serviço foi prestado no mês de março, e a descrição não informa quantas horas de voo foram realizadas.

Publicações relacionadas

Santander vê continuidade das reformas como “vacina para a economia”

Redação

Josué propõe programa de nutrição para aumentar imunidade de famílias de baixa renda

Redação

Passageiros terão que trocar de máscaras a cada quatro horas em voos longos

Redação

Deixe uma resposta