Amazonas Destaques Manaus

Governo do Amazonas assina contrato de mais de R$ 4 milhões para recuperar a AM-010

As obras irão promover a manutenção, conservação e sinalização da estrada Manaus-Itacoatiara

As obras são emergenciais, enquanto é aguardada a licitação para modernização da rodovia

O Governo do Amazonas, por meio da Secretaria de Estado de Infraestrutura e Região Metropolitana de Manaus (Seinfra), assinou um contrato destinado à manutenção, conservação e sinalização vertical e horizontal da rodovia AM-010, no trecho compreendido entre os quilômetros 17 e 266, na estrada que liga Manaus à cidade de Itacoatiara.
A obra no valor de R$ R$ 4.055.541,88, tem objetivo de proporcionar segurança, conforto e bem-estar aos condutores, visto que não há nenhuma sinalização na rodovia.
De acordo com o secretário de Estado de Infraestrutura, Carlos Henrique Lima, os serviços serão realizados enquanto as obras de modernização da rodovia não têm início. “É de conhecimento público que essa rodovia receberá uma obra de reforma e modernização em todo o seu pavimento e terá duração de dois anos, em consonância com as condições climáticas locais. Tendo em vista a atual condição da AM-010 e sabendo que as sinalizações definitivas somente ocorrem nas etapas finais de qualquer projeto de rodovia, esses serviços de sinalização, do CT-006/2021, irão auxiliar, além de preparar a rodovia e os condutores, para a obra da nova AM-010, trazendo mais segurança, agilidade ao tráfego e contribuindo com a redução nos índices de acidentes na rodovia”, explicou o secretário.
A AM-010 é considerada pelos condutores uma das estradas mais perigosas por ser estreita, com inúmeras curvas e pouca sinalização. Os serviços de sinalização horizontal e vertical trará mais segurança e agilidade ao tráfego, contribuindo para a redução dos acidentes na rodovia.

Publicações relacionadas

PGR denuncia governador Wilson Lima por desvio na compra de respiradores

Redação

Alemanha contra-ataca em disputa com Trump por vacina contra coronavírus

Redação

Pazuello afirma que no total seis aeronaves enviarão oxigênio para o Amazonas

Redação

Deixe uma resposta