Sem categoria

Governador formaliza pedido de envio da Força Nacional para o Amazonas

A Força Nacional é composta por policiais de todo o país, especialistas em “pronta-resposta”

O governador do Amazonas, Wilson Lima (PSC), publicou em suas redes sociais que formalizou ao Ministério da Justiça o pedido de envio da Força Nacional para atuar no Estado enquanto durar a crise causada por narcotraficantes que atacaram diversos prédios e patrimônios públicos e privados em toda a capital e em três municípios do interior, no domingo (6).

O governador informou que o pedido tem o objetivo de “reforçar o trabalho das Forças de Segurança do Estado, que atuam no combate aos atos de vandalismo que têm acontecido nas últimas horas”.

De acordo com o site do Governo Federal, a Força Nacional de Segurança Pública é uma tropa de “pronta-resposta” sediada em Brasília (DF), no Batalhão Escola de Pronto-Emprego (Bepe), que conta com profissionais capacitados e em condições de agir imediatamente. É composta por policiais militares, policiais civis, bombeiros militares e profissionais de perícia dos estados e Distrito Federal. Por questões estratégicas e de segurança não é divulgado o quantitativo do efetivo.

Inspirada no modelo da Organização das Nações Unidas (ONU) de intervenção para a paz, ou seja, o desenho organizacional das missões de paz das Nações Unidas, a Força Nacional é um programa de cooperação entre os estados-membros e a União Federal, a fim de executar, por meio de convênio, atividades e serviços imprescindíveis à preservação da ordem pública, à segurança das pessoas e do patrimônio, atuando também em situações de emergência e calamidades públicas.

Publicações relacionadas

Seduc paga R$ 7,6 milhões a empresa alvo da PF

Redação

Motoristas de aplicativo protestam contra falta de segurança e assédio

Redação

Prefeitura de Manaus sanitiza mais de 80 mil veículos em ação nas barreiras da cidade

Redação

Deixe uma resposta