Amazonas Destaques Manaus

Gasolina tem reajuste de 7% e diesel 9% nas refinarias da Petrobras

Rio de Janeiro – A Petrobras anunciou nesta segunda-feira (25), um novo ajuste para a gasolina, 17 dias após o último aumento, e do diesel, que havia sido reajustado em 28 de setembro. O litro da gasolina vendido pela empresa às distribuidoras passará de R$ 2,98 para R$ 3,19, o que representa um aumento de R$ 0,21 ou de cerca de 7%. Já o litro do diesel passará a ser vendido por R$ 3,24 um aumento de cerca de 9% sobre o preço médio atual, de R$ 3,06. O reajuste entra em vigor a partir desta terça-feira (26), nas refinarias da Petrobras.

Petrobras anunciou nesta segunda-feira (25) novo aumento da gasolina e do diesel nas refinarias (Foto: Fábio Rodrigues Pozzebom / Abr)

Nos postos de abastecimento esses valores para o consumidor final são acrescidos dos impostos e das margens de lucro da Petrobras, distribuidores e revendedores. Ainda pesam no preço as misturas de etanol, no caso da gasolina (27%), e do biodiesel no diesel (10%).

“A Petrobras reitera seu compromisso com a prática de preços competitivos e em equilíbrio com o mercado, ao mesmo tempo em que evita o repasse imediato para os preços internos, das volatilidades externas e da taxa de câmbio causadas por eventos conjunturais”, informou a estatal em nota, ressaltando que o reajuste garante o abastecimento do País.

Segundo a Petrobras, o alinhamento de preços ao mercado internacional se mostra especialmente relevante no momento que vivenciamos, com a demanda atípica recebida pela Petrobras para o mês de novembro de 2021.

Os ajustes refletem também parte da elevação nos patamares internacionais de preços de petróleo, impactados pela oferta limitada frente ao crescimento da demanda mundial, e da taxa de câmbio.,

Apesar dos aumentos, os preços continuam defasados em relação aos praticados no mercado internacional, segundo o presidente da Associação Brasileira dos Importadores de Combustíveis (Abicom), Sérgio Araújo. Ele informou que a gasolina está com o preço no mercado interno 7% abaixo do exterior, e do diesel, 9%. Para equiparar os preços, a Petrobras teria que elevar o preço em R$ 0,37/litro para a gasolina e em R$ 0,47/ para o diesel.

Segundo Araújo, os importadores podem se programar para atender essa demanda extra, mas para isso precisa que a Petrobras informe a real situação do mercado. Para novembro, a Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP) já garantiu o abastecimento.

Fonte: D24am. Leia mais em https://d24am.com/economia/gasolina-tem-reajuste-de-7-e-diesel-9-nas-refinarias-da-petrobras/

Publicações relacionadas

Coleta de assinaturas para partido de Bolsonaro vai até 18h deste sábado

Redação

Confiante que Pandemia vai passar, Superintendente da Suframa diz que Governo do AM errou ao colocar Câmaras Frigoríficas na área externa do Delphina Aziz. “Colocar Frigorífico lá no Hospital não combate a causa. Acaba criando uma grande Histeria na População”, disse Alfredo Menezes. VEJA VÍDEO

Redação

Presidente Roberto Cidade dá início à 1ª Semana do Lixo Zero na Assembleia Legislativa do Amazonas

Redação