Amazonas Destaques Manaus

FVS-AM testou 3,4 mil profissionais da educação da rede privada e apenas 1,46% deu positivo para Covid-19

São 3.344 professores e servidores que obtiveram obtiveram resultado negativo no exame (97,35%)

Os testes são necessários para interromper a cadeia de transmissão do vírus o mais rapidamente possível

A Fundação de Vigilância em Saúde do Amazonas (FVS-AM) realizou, até domingo (23/05), 3.436 testes do tipo RT-PCR para detectar casos positivos de Covid-19 em profissionais da rede privada de Educação, no Amazonas. A ação está ocorrendo desde o fim de março, com 73 centros educacionais já visitados pelas equipes da FVS-AM. Dos trabalhadores testados, 50 (1,46%) testaram positivo para Covid-19, enquanto os outros 3.344 (97,35%) obtiveram resultado negativo no exame. Há, ainda, 42 (1,22%) aguardando resultado do teste.
Segundo a coordenadora do Comissão Estadual de Prevenção e Controle de Infecção em Serviços de Saúde (Ceciss/FVS-AM), Evelyn Campelo, a testagem é essencial para a identificação de possíveis casos assintomáticos de Covid-19, que possam estar transmitindo a doença sem estar cientes. “Quando um caso é confirmado como positivo, o profissional é afastado e fazemos um rastreio na escola e na residência do paciente para controlar a cadeia de disseminação da doença”, explicou a coordenadora.
A FVS-AM é responsável pela Vigilância em Saúde do Amazonas e atua no monitoramento de doenças no estado. A instituição funciona de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h, na avenida Torquato Tapajós, 4.010, Colônia Santo Antônio, Manaus. Os números para contato são: (92) 3182-8550 e 3182-8551.

Publicações relacionadas

Bolsa Universidade abre inscrições para processo seletivo nesta quarta-feira

Redação

Dr. Alessandro Samartin é empossado como presidente da Associação dos membros do MP-AM

Redação

TCE decide prorrogar em 15 dias a suspensão de atividades presenciais

Redação