Amazonas Destaques Manaus

Fundação Hemoam tem prestação de contas aprovada pelo Conselho Consultivo

Em reunião virtual realizada na tarde desta sexta-feira (26/03), membros do conselho consultivo da Fundação Hospitalar de Hematologia e Hemoterapia do Amazonas (Hemoam) aprovaram por unanimidade a prestação de contas da instituição referente ao ano de 2020.

A ata da reunião será encaminhada para apreciação e aprovação final do Tribunal de Contas do Estado do Amazonas (TCE-AM).

A reunião do conselho atende o regimento interno da instituição, conforme o decreto nº 18.072 de 1997. O colegiado é composto de 17 conselheiros representantes de diversas entidades públicas da saúde, instituições de ensino, da área de pesquisa e militar.

A apresentação orçamentária foi pela gestão do Hemoam, com destaque para os principais resultados e atividades realizadas em 2020. Mesmo diante de um cenário considerado totalmente atípico, foram realizadas 20 mil consultas; mais de R$ 1 milhão de exames laboratoriais; 149 mil componentes do sangue distribuídos e 26 artigos científicos publicados na parte de Ensino e Pesquisa.

Após apresentação do balanço anual da gestão, houve manifestação de apoio pela diretora da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Amazonas, Dra Márcia Perales, que parabenizou pelo desempenho do Hemoam.

Os projetos de pesquisas desenvolvidos pelo Hemoam durante a pandemia chamaram a atenção do reitor da Universidade Federal do Amazonas (UFAM), Sylvio Puga. “A atuação do Hemoam foi impressionante nesse sentido, mais uma vez evidenciando a importância de investimentos nas ciências da saúde”, elogiou.

Em 2020 o Hemoam desenvolveu o projeto de pesquisa do plasma convalescente para auxiliar no tratamento de pacientes internados em estado grave com a Covid-19. No mesmo ano, houve a participação da Instituição numa pesquisa que identificou imunidade coletiva na cidade de Manaus. A base de dados foram os doadores de sangue do Hemoam.

Homenagem – A apresentação da diretora-presidente da Fundação Hemoam encerrou com uma homenagem aos servidores da instituição que faleceram em virtude da Covid-19.

Os agradecimentos especiais foram dedicados para Idenir Rodrigues, ex-diretora financeira; Sergio Amorim, que atuava na coleta de sangue; à Eleonora Alencar, gerente da coleta externa; e ao Moacir Reis, que atuava na unidade de transfusão do Hospital Universitário Getúlio Vargas (HUGV).

Publicações relacionadas

Pastor Milton Ribeiro é escolhido como novo ministro da Educação

Redação

Conselheiro do TCE-AM suspende contratação da Seduc

Redação

Governador Wilson Lima lança programa “Muda Manaus”, na zona norte da capital

Redação