Amazonas Brasil Destaques Manaus Polícial

Funcionários da FCecon são presos após desviar R$ 1 milhão em remédios e materiais hospitalares

Manaus/AM – Dois funcionários da Fundação Centro de Controle de Oncologia do Amazonas (FCecon) e uma ex-funcionária do local, foram presos nesta quinta-feira (4) por desviar medicamentos e materiais hospitalares da unidade de saúde.

A prisão do trio ocorreu durante a primeira fase da operação policial deflagrada pela Delegacia Especializada em Roubos, Furtos e Defraudações (Derfd). De acordo com o titular da especializada, delegado Aldeney Góes, os dois funcionários foram presos no momento em que trabalhavam na FCecon. A mulher foi presa na casa dela, no bairro Parque das Laranjeiras, zona Centro-Sul de Manaus.

Conforme Góes, as investigações iniciaram no mês passado após a direção da unidade de saúde prestar queixa. Os desvios, segundo ele, estão estimados em R$ 1, 1 milhão e englobam itens de almoxarifado e remédios destinados a tratamento de pessoas com câncer.

De acordo com a delgado, os funcionários preso são do setor de almoxarifado, que foram detidos após a mulher deixar o hospital, no último dia 13 maio, carregando em um carro particular, caixas de soro fisiológico. Parada na portaria do hospital, a mulher acionou os dois funcionários que disseram para os seguranças que a liberação dela estava autorizada.

Góes disse ainda, que para a saída do material, os funcionários emitiam documentação fraudulenta informado ao sistema o empréstimo dos itens para a Fundação Alfredo da Matta.

O delegado finalizou, dizendo que as investigações devem continuar para prender outros envolvidos no esquema de desvio. O trio vai responder pelo crime de peculato, falsidade ideológica e associação criminosa.

fontes:portaldoholanda

Publicações relacionadas

CORONAVÍRUS: PEQUENOS GESTOS FAZEM GRANDE DIFERENÇA!

Redação

Ministério Público quer saber sobre “funcionário fantasma” da Prefeitura de Coari

Redação

Wilson Lima anuncia investimento de R$ 5 milhões na recuperação de ramais e estradas vicinais

Redação

Deixe uma resposta