Amazonas Destaques Manaus

Fiscalização ambiental flagra avanço sobre área verde no conjunto Renato Souza Pinto 2

A fiscalização ambiental da Prefeitura de Manaus multou em 302 Unidades Fiscais do Município (UFMs), o equivalente a aproximadamente R$ 31 mil, uma empresa de consultoria proprietária de dois lotes do conjunto Renato Souza Pinto 2, na Cidade Nova, zona Norte, por avançar os limites das duas propriedades sobre a área verde do residencial.

A ação ocorreu nesta terça-feira, 3/12, após denúncia recebida pela Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Sustentabilidade (Semmas), que realizou o trabalho em parceria com a Superintendência Estadual de Habitação (Suhab), responsável pela construção do conjunto habitacional, Batalhão de Policiamento Ambiental e o Grupo Integrado de Prevenção às Invasões em Áreas Públicas (Gipiap).

Foram aplicadas multas nos valores de 251 UFMs (R$ 26,1 mil) por intervenção em área verde e 51 UFMs (R$ 5,3 mil) por terraplanagem sem licença. Além dos autos de infração, a empresa responsável foi notificada a apresentar à Semmas, no prazo de 20 dias, a contar da data da notificação, um Plano de Recuperação de Área Degradada (Prad).

De acordo com o diretor de Fiscalização da Semmas, Enéas Gonçalves, os fiscais já haviam vistoriado a área anteriormente. “Estivemos no local por duas vezes e não havia ninguém na área. Porém, nas duas oportunidades, foi possível constatar a existência de movimentação de equipamentos mecânicos”, explicou. Ao chegar hoje na obra, a fiscalização encontrou operários trabalhando e autuou o responsável.

— — —

Fotos – Divulgação / Semmas

Publicações relacionadas

Na Moto Honda, Wilson Lima diz que reforma tributária não pode beneficiar regiões mais ricas em detrimento da ZFM

Redação

Prefeitura recebe 95 novos médicos bolsistas do Programa Mais Saúde Manaus

Redação

Envolvida na Operação Maus Caninhos Nejmi Aziz não assumira Vaga de Ricardo Nicolau

Redação

Deixe uma resposta