Amazonas Destaques Manaus

Facção revela motivo de ataques em Manaus e faz novas ameaças

Manaus/AM – O ataque coordenado de uma facção que resultou na queima de vários ônibus e até de uma ambulância essa madrugada em Manaus é motivada pela morte de membro da organização conhecido como “Dadinho”
As pedras jogadas em Niltinho e o risco de você ser o próximo alvo amanhã 

De acordo com uma mensagem compartilhada por meio de aplicativo de mensagens, os criminosos acusam a Rocam de matar o homem que seria uma espécie de “conselheiro” da facção.

Eles prometem retaliação e avisam que além dos incêndios, uma verdadeira matança deve ocorrer em Manaus: 

“Devido a morte do mano Dadinho,vai haver uma grande matança hoje, pra todos respeitarem o crime. Vai sair alguns carros em toda Manaus quem pegou na rua e bares vai ser executado. O recado está dado”, diz a mensagem.

Até o momento, mais de 17 veículos, 7  são ônibus públicos e um é a ambulância do Samu, foram incendiados e por causa disso, a frota do transporte público foi recolhida às garagens para evitar mais prejuízos e perigos.

Os incêndios continuam a surgir e já foram notificados no Novo Aleixo, Parque das Nações, Petrópolis, Flores, Parque 10 e em bairros da Zona Leste e até no município de Careiro Castanho, onde criminosos atiraram contra o prédio da prefeitura e incendiaram  o Centro do Idoso.

Publicações relacionadas

Omar ganha holofotes com a CPI da pandemia

Redação

Vigilantes do HPS João Lúcio reivindicam da SES pagamento de salários

Redação

Morre em Manaus aos 51 anos o professor, escritor, advogado e poeta Francisco Calheiros, vítima do COVID 19

Redação