Amazonas Destaques Manaus

Exército e bombeiros capacitam Defesa Civil a desinfectar áreas de aglomeração

Cerca de 80 representantes das defesas civis de 14 municípios mineiros participaram na manhã dessa quinta-feira (9), da parte prática do treinamento de desinfecção de áreas de grande aglomeração na estação Bernardo Monteiro, no bairro Santa Efigênia, na região leste de Belo Horizonte.

A capacitação teve início na última terça-feira (7). Com duração de três dias o treinamento foi ministrado por militares do Exército Brasileiro e do Corpo de Bombeiros de Minas Gerais. Na atividade prática, última etapa do curso, os representantes das defesas civis municipais aprenderam o procedimento adotado para a desinfecção das áreas.

Com máscaras, roupas e equipamentos especiais, eles foram divididos em grupos. O primeiro, sob o comando dos militares ficou responsável por aplicar os produtos de higienização, já o segundo – que entrou em cena cerca de 10 minutos depois para que os produtos químicos agissem sobre o espaço – ficou responsável por jogar água no local.

De acordo com o general Altair Polsin do Exército Brasileiro, uma equipe de especialistas foi trazida do Rio de Janeiro para promover a capacitação na capital. 

“Trouxemos uma equipe de especialistas em defesa química, biológica, radiológica e nuclear do Rio de Janeiro para participar juntamente com especialistas do Corpo de Bombeiros de Minas Gerais para abordar tópicos importantes do combate ao Covid-19. Nessa capacitação eles tiveram conhecimento sobre os riscos do Covid-19, os meios de descontaminação, os equipamentos de proteção individual e processos de como fazer essa descontaminação em locais públicos”, explicou.

Segundo o coronel Rodrigo da Defesa Civil do Estado o objetivo do treinamento é de que os participantes do curso multipliquem o conhecimento e capacitem outros profissionais em outras cidades.

“Nós mobilizamos cerca de 80 pessoas e elas vão levar essa expertise, esse aprendizado para poder utilizar na sua cidade e em outras macro regiões do Estado. É a capacidade de levar a informação técnica de como as pessoas podem estar de mobilizando”, pontuou.

Para a desinfecção dos espaços, o produto utilizado é água sanitária diluída em água, produto químico muito utilizado em casa para a limpeza. O objetivo é de que além das estações de ônibus, rodoviárias, estações de metrô e outros espaços públicos passíveis de aglomeração no Estado também sejam alvos da higienização, para o combate à Covid-19.

Publicações relacionadas

PF combate atividade clandestina de telecomunicações

Redação

Documentário sobre Marielle derruba audiência da Globo

Redação

Corpo de Bombeiros registra oito ocorrências no Réveillon de Manaus

Redação

Deixe uma resposta