Amazonas Destaques Manaus

Estado aluga avião por R$ 4,3 milhões

Manaus – O governo Wilson Lima, por meio da Casa Militar do Estado, vai pagar R$ 4,3 milhões para alugar aeronave da empresa Rico Taxi Aéreo para atender o gabinete do governador. A homologação do contrato foi publicado no último dia 1º no Diário Oficial do Estado (DOE).

A informação foi um dos destaques, nesta segunda-feira (8), na estreia do programa ‘AMAZONAS DIÁRIO’, do GRUPO DIÁRIO DE COMUNICAÇÃO (GDC), transmitido pela RECORD NEWS MANAUS, Canal 27.1, na TV Aberta, e canal 78, na NET, às 18h.

O aluguel é referente a locação de aeronave EMB 120 ou Brasília Turbo Bimotor ou similar, com capacidade para 30 pessoas e três tripulantes, com combustível e piloto, para transporte estadual e interestadual pelo período de um ano que corresponde a 360 horas de voo ao total.

O aluguel é referente a locação de aeronave EMB 120 ou Brasília Turbo Bimotor ou similar, com capacidade para 30 pessoas e três tripulantes (Foto: Reprodução/TV Record)

De acordo com justificativa do Projeto Básico da licitação, o aluguel da aeronave visa “suprir o atendimento com a logística de transporte necessária para atender a demanda da estrutura organizacional do Gabinete do Governador, com vistas a facilitar as atividades desenvolvidas, agilizando o transporte do Governador do Estado, Vice-Governador, outros dignitários e servidores”, consta no documento.

Ainda segundo o Projeto Básico, a aeronave será utilizada conforme as necessidades da Secretaria de Estado da Casa Militar. “Os serviços serão utilizados em todo o Território Nacional e eventuais deslocamento internacionais, visando atender as necessidades da Casa Militar, sendo que a aeronave deverá ser disponibilizada no hangar do Governo do Estado do Amazonas no Aeroporto Internacional Eduardo Gomes”.

A relação do governo do Amazonas com a empresa Rico Taxi Aéreo já foi objeto de reportagem em âmbito nacional veiculada pelo Jornal da Record, em 12 de maio, quando o jornal denunciou que, em apenas dois anos de mandato, o governador Wilson Lima (PSC) já gastou R$ 7 milhões do dinheiro público por serviços de empresa de táxi aéreo, sendo que a maioria dos contratos foi assinado sem licitação. Segundo a reportagem, entre janeiro e fevereiro deste ano, um jato de luxo foi alugado duas vezes por R$ 700 mil.

O jornal mostrou, em seguida, vídeo com imagem de uma aeronave que, segundo a matéria, pertence a empresa Rico Taxi Aéreo. “A empresa recebeu quase R$ 7 milhões entre alugueis de aviões sem licitação e despesa feitas por administrações anteriores em 2018. A companhia fretou aeronave para campanha eleitoral de Wilson Lima e, um dia depois de assumir o comando do Estado do Amazonas, o governador ordenou o primeiro pagamento no valor de R$ 1 milhão por serviços prestado em 2017”, afirmou a reportagem na Record News.

Publicações relacionadas

ONU pede à Armênia e ao Azerbaijão que respeitem cessar-fogo

Redação

Câmara deve votar nesta segunda-feira aumento da validade e de pontos da CNH

Redação

Campanha #ManausSolidária segue arrecadando doações destinadas a pessoas em vulnerabilidade

Redação

Deixe uma resposta