Amazonas Destaques Manaus

​Escola de Contas Públicas do TCE-AM realiza reunião com coordenadores de cursos de universidades do Amazonas

Sob iniciativa do coordenador-geral, conselheiro Mario de Mello, a Escola de Contas Públicas (ECP) do Tribunal de Contas do Amazonas (TCE-AM) realizou uma reunião com coordenadores de cursos das universidades públicas e particulares do estado, nesta quinta-feira (5), para estreitar parcerias entre as instituições de ensino e o Tribunal.

Cerca de 50 coordenadores estiveram presentes, além da diretora-geral da ECP, Solange Maria Ribeiro da Silva. O coordenador-geral da ECP, conselheiro Mario de Mello, participou virtualmente da reunião, transmitindo uma mensagem aos coordenadores das universidades.

“Se tratando de um órgão pedagógico que somos, estreitar relações e parcerias com as universidades do Amazonas, públicas e privadas, só irá fortalecer, ainda mais, a Escola de Contas Públicas. Esperamos que essa reunião possa produzir excelentes parcerias para as instituições”, destacou o coordenador-geral da ECP, conselheiro Mario de Mello.

“O TCE está de parabéns por inovar. Uma das suas principais funções é qualificar o agente público e os servidores, mas a Escola de Contas está indo além, trazendo o mundo acadêmico para dentro do Tribunal, e indo para o mundo acadêmico, para mostrar que os órgãos de controle do Amazonas são fundamentais o exercício da cidadania e do comportamento ético”, destacou o coordenador do mestrado em Direito da Universidade do Estado (UEA), Erivaldo Cavalcanti.

O fortalecimento de laços entre as universidades o TCE-AM poderá oportunizar aos acadêmicos cursos e palestras para que conheçam a instituição, apresentando a missão, valores e funções da Corte de Contas.

A visão da ECP é de que os acadêmicos são potenciais estagiários e servidores do Tribunal e podem ser orientados, desde já, a exercer um bom serviço público à sociedade amazonense.

Coordenadores dos cursos de direito, contabilidade, administração, economia, pedagogia e psicologia da Universidade Federal do Amazonas (Ufam) estiveram presentes. Outros coordenadores de cursos da Universidade do Estado (UEA) também participaram.

A reunião contou ainda com professores das faculdades Santa Teresa, La Salle, Martha Falcão/Wyden, Uninorte, Esbam, Unip, Ciesa, Iames, Estácio de Sá, Nilton Lins, Boas Novas e Fametro.

Publicações relacionadas

Instituto Diário de pesquisa aponta Amazonino com 32,4 e David com 21,2%

Redação

Em carta, Carlos Almeida pede a Wilson sua exoneração da Casa Civil

Redação

Bicharada:“A saga de um tracajá em busca de sua própria canção e das vozes de seus ancestrais” surge em meio ao fogo do Brasil

Redação

Deixe um comentário