Amazonas Destaques Manaus

Equipe do Ministério da Saúde visita unidades da prefeitura para conhecer modelo de Parceria Público-Privada

Uma equipe de técnicos do Ministério da Saúde visitou, nesta quinta-feira, 17/3, duas unidades de saúde da Prefeitura de Manaus, que funcionam no modelo de Parceria Público-Privada (PPP). A Secretaria Municipal de Saúde (Semsa) tem, em sua estrutura, 218 Unidades Básicas de Saúde (UBSs), das quais 78 já usam o modelo de PPP. O formato chamou a atenção do Ministério da Saúde, depois que Manaus se destacou no ranking nacional do Previne Brasil, passando a ocupar o primeiro lugar na prestação de serviço na saúde pública.

O subsecretário de Gestão Administrativa e Planejamento da Semsa, Nagib Salem, contou que os resultados apresentados pela saúde municipal despertaram o interesse da equipe de Financiamento da Atenção Primária e, após duas conversas prévias, incluindo uma reunião da gestão da Semsa com o Ministério da Saúde, em Brasília, o coordenador-geral veio conhecer o modelo.

“Esse é um modelo que já existia na secretaria, mas somente após atualizações realizadas no ano passado, orientadas pela secretária Shádia Fraxe, com ajustes nos processos de trabalho, nosso desempenho melhorou muito, a ponto de poder vir a servir de modelo para todo o país”, observou Nagib.

O coordenador-geral de Financiamento da Atenção Primária do Ministério da Saúde, Gregory Carvalho, explicou que as métricas de avaliação do Novo Modelo de Financiamento para a Atenção à Saúde Primária (APS) mostraram que o desempenho da saúde na capital cresceu e que a PPP pode servir de modelo para outros municípios do Brasil.

“A gente já sabe que muitos municípios têm procurado Manaus para entender a dinâmica da PPP e a forma como ela é aplicada na capital para o alcance desses resultados, e nós do Ministério da Saúde, também fizemos esse movimento”, pontuou.

Desembaraço

De acordo com o subsecretário de Gestão da Saúde da Semsa, Djalma Coelho, um dos principais pontos da PPP é a redução da burocracia, o que permite a solução de problemas de forma mais rápida. “Foi exatamente essa experiência que a equipe do Ministério da Saúde veio conhecer e que recebeu elogios por parte dos técnicos. Foi uma visita muito positiva”, destacou.

— — —

Texto – Sandra Monteiro / SemsaFotos – Camila Batista / Semsa

Publicações relacionadas

Assembleia instala CPI pra investigar Secretaria de Educação do Governo

Redação

Campanha #ManausSolidária recebe doação de 2 mil cestas básicas do Grupo Transire

Redação

Mais de 80 mortes violentas são registradas em Manaus em apenas 19 dias

Redação

Deixe um comentário