Entretenimento

Elise Matsunaga escreve autobiografia a mão na prisão: “Piquinique no Inferno”

📸: Reprodução/ Netflix

Piquenique com pão amassado pelo inimigo.

Elize Matsunaga contou que escreveu um livro autobiográfico “Piquenique no Inferno”, a mão na prisão, para pedir perdão a filha, que está impedida de ver desde 2012.

Ela quer contar a filha que assassinou o pai sozinha, Marcos Matsunaga, para se defender das ofensas e agressões sofridas nas mãos dele, segundo ela.

A então filha dela se encontra com 11 anos hoje, e ela espera que através do livro possa contar sua versão da história para a menina, quando ela estiver adulta.

Publicações relacionadas

Lei Geral de Proteção de Dados é adiada para maio de 2021

Redação

Joelma comenta inchaço no rosto durante show no Rio: ‘Com ou sem sequela, vim fazer a turnê’

Redação

Gkay afirma que próxima Farofa custará R$8 milhões

Redação

Deixe um comentário