Amazonas Destaques Polícial

‘Ela queria morrer’, diz neta que matou avó carbonizada no Amazonas

Uma idosa, identificada como Maria Monteiro da Encarnação, de 91 anos, foi queimada viva dentro da residência pela própria neta, identificada como Cintia Monteiro da Rocha, de 34 anos, nesta segunda-feira (13) no bairro Veneza, na rua 07, no Distrito de Cacau Pirêra, em Iranduba. De acordo com informações do delegado Orlando Amaral, a neta foi presa em flagrante ainda com o isqueiro na mão e aparentava ter transtorno mental.

“Ela dizia pra mim assim: ela queria morrer, ela pediu pra morrer, e aí eu toquei fogo nela”, informou o delegado.

A polícia acionou o Corpo de Bombeiros para fazer o rescaldo da residência. Na ocasião, a idosa estava sozinha com a neta. O crime causou revolta nos vizinhos que tentaram fazer justiça com as próprias mãos.

Segundo a polícia, a mulher foi autuada em flagrante, mas será necessário que passe por exames psicológicos para atestar se há ou não doença mental. O corpo foi removido pelo Instituto Médico Legal (IML).

Publicações relacionadas

Mototaxista é atingido por carro e morre na Av. Constantino Nery

Redação

”A meta é bater o recorde”, diz Roberto Cidade ao lançar o Programa Doador Legal na Aleam

Redação

Roberto Cidade cobra comprovante de notificação prévia para troca de medidores pela Amazonas Energia

Redação

Deixe um comentário