Amazonas Destaques Manaus

Dono de supermercado é preso suspeito da morte de sargento do Exército, em Manaus

Manaus – A Polícia Civil deflagrou na manhã desta terça-feira (21) uma operação para cumprir mandado de busca e apreensão dos envolvidos na morte do sargento do Exército Lucas Guimarães. O crime aconteceu no dia 1° de setembro deste ano, em uma cafeteria localizada na Avenida Ayrão, bairro Praça 14 de janeiro, zona centro-sul de Manaus.

Equipes da Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS) iniciaram a operação por volta de 6h, cumprindo o mandado em uma rede de supermercados da cidade.

De acordo com a polícia, o empresário preso é o suposto mandante do assassinato do militar. Não há informação de quantos mandados de busca e apreensão foram expedidos para cumprimento na operação.

O sargento do Exército Lucas Guimarães foi assassinado dentro de uma cafeteria na Avenida Ayrão (Foto: Reprodução)

Relembre o caso
O sargento do Exército Lucas Guimarães foi assassinado a queima-roupa dentro da cafeteria da qual era proprietário. O crime foi registrado por câmeras de segurança do estabelecimento. Na ação criminosa, um homem chegou à cafeteria em uma motocicleta, e, após observar a movimentação, entrou no local. Em seguida, ele se dirigiu até Lucas e efetuou os disparos. A vítima foi alvejada com três tiros na cabeça. O suspeito fugiu.

Funcionários socorreram a vítima e a levaram até um hospital da rede privada localizado ao lado da cafeteria. Após passar por procedimentos cirúrgicos, o sargento Lucas não resistiu.

Fonte: D24am. Leia mais em https://d24am.com/amazonas/policia/dono-de-supermercado-e-preso-suspeito-da-morte-de-sargento-do-exercito-em-manaus/

Publicações relacionadas

Vacina Amazonas: Mutirão vacinou mais de 30 mil pessoas em quase 10 horas

Redação

Bolsonaro: auxílio deve ter novas parcelas de R$ 500, R$ 400 e R$ 300

Redação

Espaços culturais terão horários diferenciados em janeiro

Redação