Amazonas Destaques Manaus

Dia D de vacinação contra a influenza em Manaus será no próximo sábado, 10/7

A Prefeitura de Manaus definiu que o próximo sábado, 10/7, será o Dia D de vacinação contra a influenza (gripe) na capital. Técnicos da Secretaria Municipal de Saúde (Semsa) discutiram na tarde desta terça-feira, 6, detalhes da ação, que será voltada para crianças, gestantes, trabalhadores da saúde, puérperas, idosos, indígenas, professores e outros dez grupos prioritários definidos pelo Ministério da Saúde (MS). Além do Dia D, a prefeitura amplia a campanha, na próxima segunda-feira, 12, para toda a população ainda não vacinada.

Ao longo desta semana a imunização, que teve início no mês de abril, segue nas 171 Unidades Básicas de Saúde (UBS) e no Dia D ganha postos de vacinação alternativos em supermercados, shoppings, feiras e outros locais de grande circulação de pessoas, com funcionamento das 8h às 16h.

O objetivo das duas estratégias é ampliar a cobertura vacinal, especialmente dos grupos mais vulneráveis, e evitar casos, agravamentos e mortes decorrentes da gripe no município. A meta de imunização do MS para Manaus é alcançar 642 mil pessoas. Dessas, 259 mil já foram imunizadas.

“A população tem respondido à campanha de vacinação contra a Covid-19, mas é preciso lembrar que outras medidas de prevenção à saúde continuam, em paralelo. Este é o caso da campanha de imunização contra a influenza, para a qual será necessária uma grande adesão nesta reta final. Precisamos que nossa população esteja protegida contra esse outro tipo de infecção respiratória que, em alguns casos, pode ser tão ou mais grave que a Covid”, observa a secretária municipal de Saúde, Shádia Fraxe.

Dados atualizados no último dia 5 pela Divisão de Imunização da Semsa mostram que dos sete grupos prioritários iniciais, o de puérperas (mulheres com até 45 dias no pós-parto) é o único que já alcançou a meta de 90% de vacinação da população estimada. O de indígenas está em 85%; o de gestantes e trabalhadores da saúde chegou a aproximadamente 65% da população total; e o de professores, crianças e idosos está abaixo de 50% do total estimado para cada um.

Além desses, são considerados prioritários os grupos das pessoas com comorbidades, pessoas com deficiências permanentes, caminhoneiros, trabalhadores do transporte coletivo, trabalhadores portuários, forças de segurança e salvamento, Forças Armadas, funcionários do sistema prisional, população privada de liberdade e adolescentes sob medidas socioeducativas.

A secretária orienta que as pessoas dos grupos prioritários procurem as UBSs ao longo da semana ou um dos pontos alternativos de vacinação no próximo sábado, Dia D, para receberem a vacina.

Salas de vacinação

A lista com o endereço das salas de vacina pode ser acessada no site da Semsa (semsa.manaus.am.gov.br) ou diretamente pelo link bit.ly/salavacinamanaus. Das 171 salas, dez unidades de saúde tem funcionamento em horário ampliado, de segunda a sexta-feira, das 7h às 21h, e aos sábados, das 8h às 12h. A relação dos pontos alternativos está sendo elaborada pelos Distritos de Saúde e será divulgada até a próxima quinta-feira.

Influenza x Covid-19

Shádia Fraxe lembra, ainda, que as pessoas devem ficar atentas ao intervalo de 14 dias entre as doses de vacina contra covid-19 e contra a influenza. É preciso aguardar 14 dias entre uma e outra. Ela orienta também que os usuários apresentem documento de identidade original, com foto, o cartão de vacina e para grupos específicos, como trabalhadores da saúde e professores, o contracheque ou a carteira de trabalho que comprove o vínculo empregatício. No caso dos caminhoneiros, é preciso apresentar a Carteira Nacional de Habilitação (CNH), categoria D ou E.

Texto – Andréa Arruda / Semsa

Publicações relacionadas

Em reunião com General Villas Bôas, Josué trata sobre estratégias de desenvolvimento econômico do Amazonas

Redação

Papa Francisco passa por cirurgia e reage bem a procedimento

Redação

Mais de 6 mil trabalhadores da saúde já receberam a segunda dose da vacina contra a Covid-19 em Manaus

Redação

Deixe uma resposta