Amazonas Destaques

Detentas do Amazonas trabalham na confecção de 250 mil máscaras de proteção ao coronavírus

Em meio à pandemia do novo coronavírus, com a alta demanda por produtos de proteção, detentas do sistema prisional do Amazonas iniciaram a produção de 120 mil máscaras descartáveis. Além disso, a Secretaria de Estado de Administração Penitenciária (Seap) também firmou uma parceria para a produção de 250 mil garrafas de álcool 70º.

As máscaras estão sendo produzidas no núcleo de costura na Penitenciária Feminina de Manaus (PFM), por detentas do regime fechado que trabalham para remição de pena remição de pena.

Serão confeccionadas 10 mil máscaras de proteção semanais, com a expectativa total de 120 mil. Após a produção, o material passará por um processo de esterilização na Fundação de Vigilância Sanitária (FVS). De lá, elas serão destinadas para usuários do sistema de saúde que apresentarem sintomas leves do novo coronavírus e aos profissionais da área de assistência social e de outros serviços de atendimento ao público.

“O serviço de confecção das máscaras reverte às apenadas ganho duplo. Pois garante a remição da pena pelo trabalho e, também, com o aumento da autoestima dessas pessoas que se sentem valorizadas por contribuir com uma causa nobre de saúde pública”, comentou o titular da Seap, coronel Vinícius Almeida.

Álcool 70º

A Seap firmou parceria com uma distribuidora de petróleo e uma indústria química que vai permitir a produção de álcool 70º, um dos itens de prevenção indicado pelas autoridades de saúde contra o coronavírus.

Em parceria com as empresas de cogestão do sistema prisional, serão produzidas 250 mil garrafas de 100 ml do produto. “A distribuidora de petróleo fará a doação do álcool e a empresa química fará o envasamento”, informou Vinícius Almeida.

Toda produção será enviada à Secretaria de Estado da Saúde (Susam), que ficará responsável pela distribuição aos agentes dos sistemas de saúde e de segurança pública.

Coronavírus no Amazonas

Amazonas teve a primeira morte pelo Covid-19 confirmada na noite desta terça-feira (24). Era um homem de 49 anos, com quadro de hipertensão, morador de Parintins. O último balanço divulgado pelo Governo do Amazonas apontou 47 casos do novo coronavírus no estado, na terça-feira (24), antes do primeiro registro de morte pelo Covid-19.

De acordo com a Fundação de Vigilância em Saúde (FVS), dois pacientes estão internados no Hospital Delphina Aziz, e outros três em unidades particulares de saúde.

Publicações relacionadas

Carlos Almeida entra com mandado de segurança contra Wilson Lima que “esvaziou” a vice-governadoria; veja vídeo

Redação

Dermilson Chagas é expulso do PP

Redação

Centro de Oncologia em Manaus terá médicos do Corpo de Bombeiros

Redação

Deixe uma resposta