Amazonas Destaques Manaus

Desembargador autoriza instalação da CPI da Amazonas Energia

Magistrado avalia que a Assembleia Legislativa tem competência para fiscalizar a concessionária

Deputados já podem começar os trabalhos esta semana

O desembargador Paulo Cesar Caminha e Lima derrubou  a que estava impedindo a instalação da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) pata investigar irregularidades na prestação de serviços da empresa Amazonas Energia na Assembleia Legislativa do Amazonas (Aleam).
A decisão, assinada no sábado, vai permitir que na primeira sessão desta semana, na quarta-feira (13), os deputados estaduais possam instalar oficialmente a CPI.
Entre os argumentos da decisão, o magistrado entendeu que a Assembleia Legislativa tem competência regulamentar para fiscalizar os serviços prestados pela concessionária.
A CPI estava pronta para ser instalada desde o dia 9 de setembro, mas foi suspensa por decisão liminar do juiz Airton Luís Corrêa Gentil, derrubada agora pelo desembargador.

Publicações relacionadas

PSOL define nome como pré-candidato a Prefeitura de Manaus mas assume discurso em busca de uma unidade das esquerdas

Redação

Operação será montada para orientar trânsito nas manifestações do 7 de setembro

Redação

Homem é agredido pela população após furtar lojas, em Manaus

Redação